Injustice: Gods Among UsRETRAIR FICHA

Injustice: Gods Among Us

Jogo de luta com os heróis como Batman, Superhomem e Mulher Maravilha enfrentam os vilões mais poderosos do universo.

  1. Desenvolvedora: NetherRealm Studios
  2. Lançamento: 16/04/2013
  3. Distribuidora: Warner Bros. Interactive Entertainment
  4. Gênero: Luta
9 Excelente

Prévia: Injustice: Gods Among Us

Rodrigo Guerra
Do UOL, em São Paulo
  • Superman contra Batman: quem venceria?

Ícone, bravura, heroísmo. Estes são alguns dos atributos que mostram o quanto algo pode inspirar uma pessoa. Estas também são palavras que servem para representar os seres superpoderosos do universo DC Comics, a editora de revistas em quadrinhos que publica as histórias de Superman, Batman, Mulher Maravilha e muitos outros.

Reunir estes ídolos e vê-los lutando ficou ao encargo do Netherrealm Studio, o mesmo de “Mortal Kombat”, que promete ser o jogo mais complexo e dinâmico que já reuniu estes heróis (é melhor nem lembrar dos anteriores "Mortal Kombat Vs. DC"  e "Justice League: Task Force").

EM PORTUGUÊS

  • Assim como “Mortal Kombat”, “Injustice” será legendado em português, ou seja, você vai poder acompanhar a história sem dificuldades. Será que o game vai ter balões de diálogos como nas histórias em quadrinhos?

Até o momento foram revelados oficialmente 15 personagens (conheça-os álbum abaixo), todos eles de alto escalão do universo DC e o que se sabe até o momento sobre a história não é muito, mas exemplifica bem o que acontece no universo do game.

Uma grande catástrofe vai assolar o mundo. Milhões de pessoas morrerão - inclusive algumas pessoas queridas de nossos heróis. Como desgraça pouca é bobagem, a culpa vai cair sobre todos os que usam armaduras e roupas colantes coloridas, ou seja, vilões e heróis serão perseguidos por agentes da lei. Custe o que custar.

O sistema de jogo é um híbrido entre “Mortal Kombat” e “Street Fighter”: alguns personagens utilizam dos movimentos de toque, típicos de “MK”, enquanto outros serão circulares, como os de Ryu e amigos, em "SF". Os controles seguem o esquema de dois botões de soco e dois de chute, mas para defender não é necessário apertar um botão: basta colocar para trás como acontece nos games de luta tradicionais.

A mudança vem em outro ponto que é a forma de alcançar a vitória: as batalhas são definidas em rounds únicos. As barras que permitem acionar os golpes especiais são preenchidas conforme o jogador vai espancando o seu adversário – como na grande maioria dos jogos de luta.

ASSISTA AO TRAILER DE "INJUSTICE"

  •  

Exagero com  limites

Por ser um jogo da NetherRealm, é normal pensar que “Injustice” terá uma forte carga de violência, mas não é bem assim. Como o game é inspirado em personagens das HQs, você verá coisas como arremessos de automóveis, destruição de prédios e outras formas exageradas de se bater em alguém.

APOSTA COMIGO

  • Uma das novidades de “Injustice” é o Clash System, sistema que promete deixar as batalhas mais divertidas e parecidas com HQs. Imagine a situação: seu amigo começa a desferir um combo e você consegue defender.

    Ao pressionar para frente e um botão de ataque, começa uma animação com um diálogo entre os personagens. Durante a cena, você e seu amigo devem apostar uma porcentagem da barra de especial. Se quem ganhar for o atacante, ele vai causar mais dano, se for o defensor, ele recebe vida.

    Esse sistema poderá ser usado apenas uma vez na batalha e pode ser uma manobra que tem potencial de mudar os rumos do combate – e que parece ser bem divertido de usar.

Batman, por exemplo, usa os seus batarangues, bombas e até mesmo o carro batmóvel  para atropelar seus adversários. Solomon Grundy retira de suas costas um cutelo e lápides durante combos de arremessos. Os personagens mais poderosos extrapolam os limites, como o soco do Superman, que é capaz de colocar o adversário em órbita, ou o Flash, que dá a volta ao mundo em dois segundos antes de desferir um belo soco em seu adversário.

A pancadaria, como deu para perceber, é bem violenta e exagerada, mas dentro daquilo que vemos nas páginas das revistas de histórias em quadrinhos todos os meses. Mesmo assim, é importante deixar claro que “Injustice” não vai apelar para a brutalidade de “Mortal Kombat”, onde vemos vísceras e membros sendo cortados, ossos esmigalhados e coisas do tipo.

O exagero também se espalha pelos cenários que vão permitir que o jogador interaja de maneiras divertidas. A Batcaverna, por exemplo, é um local no qual os personagens podem arremessar barris uns nos outros e derrubar torres elétricas. Já na ‘cidade do futuro’, além de quebrar janelas de vidro com o adversário, é possível destruir e jogar carros nos oponentes.

Injustice: Gods Among Us
Injustice: Gods Among Us

Todas as arenas possuem duas ou três áreas e isso deixa o game mais dinâmico, pois para fazer estas transições é necessário que um personagem seja arremessado para lá.

É como em “Mortal Kombat 3”, no cenário do metrô, em que um jogador era arremessado para as ruas com um gancho. Porém, em “injustice” a transição é muito mais dolorida – geralmente o coitado que é arremessado sofre muito, mas muito mesmo, antes de chegar ao novo ringue.

Todas essas interações são feitas apertando um botão especial do interação quando perto do local que permite alguma ação especial. Esse comando pode ser feito inclusive durante combos, o que aumenta a chance de acerto.

No final das contas, “Injustice: Gods Among Us” promete ser um belo jogo de luta – pelo menos é isso que mostra seu pedigree. O game está agendado para chegar em 16 de abril de 2013 para PlayStation 3, Xbox 360 e Wii U.

TESTAMOS O JOGO NA BGS 2012; VEJA AS IMPRESSÕES

  •  

  • http://jogos.uol.com.br/xbox360/previas/injustice-gods-among-us.htm
  • Leia a prévia de 'Injustice: Gods Among Us'
  • 16/09/2014
  • Xbox 360 - UOL Jogos
  • UOL Jogos
  • @UOLJogos
  • 1

Últimos Comentários

TOP 5 DOS USUÁRIOS DO FACEBOOK