State of DecayRETRAIR FICHA

State of Decay

Em um mundo pós-apocalíptico tomado por zumbis, os humanos se reúnem e lutam para sobreviver um dia de cada vez

  1. Desenvolvedora: Undead Labs
  2. Lançamento: 05/06/2013
  3. Distribuidora: Microsoft Studios
  4. Suporte: Multiplayer online
  5. Gênero: Third Person Action
9 Excelente

Prévia: State of Decay

Pedro Henrique Lutti Lippe
Do UOL, em São Paulo

Hoje em dia, não faltam jogos de zumbis. Realistas ou cômicos, para um jogador ou com modos online, de estratégia ou ação... E por aí vai. Em um cenário assim, fazer um game do estilo se destacar na multidão não é uma tarefa simples. Mesmo assim, o recém-inaugurado estúdio Undead Labs resolveu enfrentar essa missão de frente.

Seu primeiro jogo, "State of Decay", tentará diferenciar-se do resto das ofertas do gênero oferecendo uma experiência que concentrará os esforços dos jogadores na sobrevivência, ao invés da caçada incessante aos mortos-vivos.

VEJA OS MORTOS-VIVOS DE "STATE OF DECAY" EM TRAILER

  •  

O renascimento da civilização

Voltando para sua cidade após uma viagem de pesca, o protagonista de "State of Decay" encontra seu mundo completamente destruído, tomado por uma terrível infestação de mortos-vivos. Ele parte então em uma busca por sobreviventes em meio aos cadáveres andantes - e tem sucesso. A primeira parceria com um aliado é assim formada, e isso dá início a uma nova comunidade, focada exclusivamente na resistência aos zumbis.

As habilidades específicas de cada sobrevivente serão determinantes no sucesso de uma comunidade em "State of Decay". Para realizar a manutenção de aparelhos, por exemplo, será necessário alguém com conhecimentos de electricista. Sem alguém capaz de construir fortificações, será difícil criar barreiras contra zumbis; se ninguém no grupo tiver mira boa, não haverá ninguém para ficar de guarda na torre de franco-atiradores; e por aí vai.

Enquanto exploram os cenários do game, os jogadores podem encontrar diversos outros humanos, e convidá-los para seu grupo de sobreviventes. Essa nova unidade deve estabelecer e fortificar uma base, segura da influência dos mortos, para servir como abrigo no período entre missões de coleta de recursos - como água, comida e munição, todos finitos e insubstituíveis.

Em "State of Decay", a escassez de provisões pode ser um inimigo tão cruel quanto um zumbi. Na hora de planejar o funcionamento de sua comunidade, portanto, entra o elemento estratégia. Jogadores poderão optar por iniciar uma verdadeira caçada aos mortos-vivos para limpar uma região inteira antes de começar a vasculhá-la atrás de recursos, ou então infiltrar as linhas inimigas para uma missão de coleta focada em um único ponto do mapa.

Os produtores do jogo prometem que cada escolha dos jogadores, por menores que sejam, terão influência em seu mundo aberto e dinâmico. Ao limpar as redondezas de sua base, por exemplo, os sobreviventes garantem que a área ficará razoavelmente segura - ao menos até a próxima grande investida da horda de andarilhos.

Zumbis não dormem

RUMO AO MULTIPLAYER

  • Divulgação

    "State of Decay" será um jogo para apenas um jogador, mas também apenas o primeiro passo da Undead Labs em seu plano para a dominação completa do gênero. Fundado por Jeff Strain, um dos principais nomes por trás de "Guild Wars" e "World of Warcraft", o estúdio visa utilizar a plataforma de seu primeiro jogo de zumbis para impulsionar o desenvolvimento de "Class4", um complexo MMO focado em um apocalipse de mortos-vivos.

Exatamente como um "Farmville", "State of Decay" terá um mundo persistente. Isso significa que mesmo quando os jogadores estiverem longe da ação, os personagens de suas comunidades continuarão lutando pela sobrevivência. Desta forma, os que passarem tempo demais fora do jogo podem voltar e encontrar seus estoques de comida e medicamentos completamente esgotados, sendo então obrigados a partir em uma missão de emergência.

Aspectos de jogabilidade como estes rotulam "State of Decay" mais como um jogo de estratégia do que de ação - mas isso não significa que o elemento não dará as caras no game.

Mais capaz de defender-se do que os sobreviventes de "DayZ", os personagens poderão equipar-se de armas brancas ou de fogo e investir contra pequenos grupos de mortos-vivos, ou então preparar os punhos e literalmente partir para a porrada. Até mesmo carros poderão ser utilizados para exterminar as criaturas.

E por falar em sobreviventes, é importante mencionar: cada um deles terá seus próprios atributos, habilidades únicas e personalidades, tornando a manutenção e o controle de seu grupo um outro fator essencial da jogabilidade. Ao site Destructoid, um representante da Undead Labs deu o exemplo de um personagem que é um excelente franco-atirador, mas que tem uma personalidade irritante e costuma esconder mantimentos para seu uso próprio. Caberá aos jogadores medir os pontos positivos e os negativos para decidir se tal sobrevivente deve receber abrigo ou ser abandonado.

"State of Decay" terá versões para Xbox Live Arcade e PC.

State of Decay
State of Decay
  • http://jogos.uol.com.br/xbox360/previas/state-of-decay.htm
  • Leia a prévia de 'State of Decay'
  • 22/09/2014
  • Xbox 360 - UOL Jogos
  • UOL Jogos
  • @UOLJogos
  • 1

Últimos Comentários

TOP 5 DOS USUÁRIOS DO FACEBOOK