Entretenimento

Topo

  • 1 85

    A espingarda do Odyssey é considerada a primeira pistola "de luz" dos consoles domésticos

    Imagem: Divulgação
  • 2 85

    Prometendo levar vozes sintelizadas ao intellivision, o intellivoice teve apenas quatro jogos

    Imagem: Divulgação
  • 3 85

    Conhecido como Expansion Module 2, o volante do Colecovision tinha até pedal de acelerador

    Imagem: Divulgação
  • 4 85

    Mesmo sem licença oficial, o Expansion Module 1 do Colecovision aceitava catuchos do Atari 2600

    Imagem: Divulgação
  • 5 85

    Misto de manche com controle arcade, o Super Action Controller era apenas mais um dos acessórios do Colecovision

    Imagem: Divulgação
  • 6 85

    Criado pela Hudson, o Bee Pack era um adaptador de MSX que aceitava jogos em cartões similares aos do PC Engine

    Imagem: Divulgação
  • 7 85

    Em formato de guidão de moto, o BH400 é um controle dos computadores da Sega SG-1000 e SC-3000

    Imagem: Divulgação
  • 8 85

    Criado para os computadores antigos da Sega, o Graphic Board funcionava como um mini tablet para desenhar

    Imagem: Divulgação
  • 9 85

    O Data Recorder do SC-1000 era um dos muitos acessórios dos anos 80 que rodavam jogos através de fitas cassete

    Imagem: Divulgação
  • 10 85

    Adaptador Point Master Fire Control dava função 'Turbo' ao controle do Atari 2600

    Imagem: Divulgação
  • 11 85

    O direcional em formato esférico do Trak-Ball era um interessante controle do Atari 2600

    Imagem: Divulgação
  • 12 85

    O toca-fitas Coleco Vivid tinha a função de adicionar trilhas sonoras aos jogos de Atari 2600, como "Smurfs"

    Imagem: Divulgação
  • 13 85

    O controle Joy Sensor deu ao Atari 2600 uma roldana direcional similar à do rival intellivision

    Imagem: Divulgação
  • 14 85

    Compatível com o NES, o Freedom Connection permitia o uso de controles sem fio

    Imagem: Divulgação
  • 15 85

    Compatível com as séries 2600 e 7800 do Atari, a G1 Light Gun inspirou a pistola do nosso Phantom System

    Imagem: Divulgação
  • 16 85

    Um dos grandes sucessos da Taito, "Arkanoid" ganhou controle próprio para o NES

    Imagem: Divulgação
  • 17 85

    Formato nada ergonômico era marcante no controle de uma só mão ASCII Stick L5, do NES

    Imagem: Divulgação
  • 18 85

    Exclusivo para o NES japonês, o Bandai Karaoke Studio transformava o console em uma central de cantorias

    Imagem: Divulgação
  • 19 85

    Em alta nos anos 80, os óculos 3D chegaram ao NES japonês com o Famicom 3D System

    Imagem: Divulgação
  • 20 85

    Muito popular no Japão, o Famicom Disk system possibilitou jogos do Nintendo japonês em disquetes

    Imagem: Divulgação
  • 21 85

    Antes do multiplayer online, a moda era jogar entre quatro jogadores através de adaptadores como o Four Score, do NES

    Imagem: Divulgação
  • 22 85

    Bem antes de chegar ao Wii, a pistola Zapper fez sucesso em jogos como "Duck Hunt", do NES

    Imagem: Divulgação
  • 23 85

    O controle com botões numéricos era um dos acessórios do adaptador de internet Famicom Network System, para o NES japonês

    Imagem: Divulgação
  • 24 85

    O teclado para o NES japonês servia para os jogadores utilizarem aplicações em linguagem BASIC

    Imagem: Divulgação
  • 25 85

    O R.O.B. é um simpático robozinho que interage com os sinais da tela através de feixes de luz

    Imagem: Divulgação
  • 26 85

    Bem antes do Wii Fit, o tapete Power Pad incentivava aos jogadores de NES a fazer exercícios físicos

    Imagem: Divulgação
  • 27 85

    Criado pela Konami, o headset Lasercope dava tiros na tela através da palavra "fire" (fogo)

    Imagem: Divulgação
  • 28 85

    O controle de NES Joycard Sansui 555 tinha como principal novidade uma entrada para fone de ouvido

    Imagem: Divulgação
  • 29 85

    A luva Power Glove foi o primeiro acessório a levar os movimentos da mão para os games

    Imagem: Divulgação
  • 30 85

    'Capinha' para o controle do NES, o Super Controller prometia comandos mais precisos

    Imagem: Divulgação
  • 31 85

    O Acclaim Remote controller prometia livrar os jogadores de fios no Nintendo 8 bits

    Imagem: Divulgação
  • 32 85

    NES Advantage é um dos melhores e mais populares controles de fliperama para NES

    Imagem: Divulgação
  • 33 85

    Alladin Deck Enhancer era um adaptador para NES que só rodava jogos da Camerica

    Imagem: Divulgação
  • 34 85

    Adaptador de cartuchos Game Genie permitia a inclusão de códigos de trapaça aos jogos

    Imagem: Divulgação
  • 35 85

    Cheio de estilo, o NES Max tinha uma espécie de disco analógico no lugar da cruz

    Imagem: Divulgação
  • 36 85

    Sensores infravermelhos do U-Force transferem movimentos da mão para o jogo

    Imagem: Divulgação
  • 37 85

    Jogos como "Top Gun" ficavam mais divertidos com o manche de avião Zoomer, do NES

    Imagem: Divulgação
  • 38 85

    A prancha Speedboard prometia oferecer mais agilidade nos dedos do jogador. Será?

    Imagem: Divulgação
  • 39 85

    Exclusivo para o Master System europeu, o Handle Controller era específico para simuladores

    Imagem: Divulgação
  • 40 85

    Direcional esférico do Sega Sports Pad oferecia diferente abordagem aos jogos esportivos

    Imagem: Divulgação
  • 41 85

    Lançado no Brasil pela Tectoy, o Rapid Fire ajudava o jogador dando comandos turbinados dos botões

    Imagem: Divulgação
  • 42 85

    Sega Control Stick tinha alavanca direcional que mais lembrava câmbio de carro

    Imagem: Divulgação
  • 43 85

    Pistola Light Phaser foi um acessório de grande sucesso do Master System nacional

    Imagem: Divulgação
  • 44 85

    Óculos 3D do Master System exigia conexão de um cabo com o videogame

    Imagem: Divulgação
  • 45 85

    Para o Master System, Manche QuickShot Python foi lançado no Brasil pela Tec Toy

    Imagem: Divulgação
  • 46 85

    Com visual de asa, controle Quickshot Flightgrip teve versões para Master System e NES

    Imagem: Divulgação
  • 47 85

    Controle em estilo fliperama, o Quickshot Maverick 3 era boa opção no Mega Drive

    Imagem: Divulgação
  • 48 85

    A 'Bazuca' Menacer foi a resposta da Sega para o rival Super Scope, do Super Nintendo

    Imagem: Divulgação
  • 49 85

    Inspirado pelos computadores, o Sega Mouse levou o periférico de apontar para o Mega Drive

    Imagem: Divulgação
  • 50 85

    O Batter Up simulava as 'tacadas' no vento e os levava aos jogos de baseball do Mega Drive

    Imagem: Divulgação
  • 51 85

    Antes do Wii, o Mega Drive já tinha o TeeV Golf para simular os movimentos do jogador

    Imagem: Divulgação
  • 52 85

    Pensado para jogos de luta, como "Eternal Champions", o Activator foi um inusitado sensor de movimentos para o Mega Drive

    Imagem: Divulgação
  • 53 85

    Power Base Converter permitia ao Mega Drive rodar jogos e acessórios de Master System

    Imagem: Divulgação
  • 54 85

    O 32X elevava o processamento do Mega Drive para 32 Bits, mas poucos jogos foram lançados

    Imagem: Divulgação
  • 55 85

    Mega CD permitiu ao Mega Drive rodar jogos em CD, mas o tempo de carregamento atrapalhava a diversão

    Imagem: Divulgação
  • 56 85

    Bazuca 'de respeito' para o SNES, Super Scope elevou o patamar das pistolas de videogame

    Imagem: Divulgação
  • 57 85

    Criado pela ASCIIWare, Super Advantage era um dos melhores controles de fliperama para o SNES

    Imagem: Divulgação
  • 58 85

    "Mario Paint" era jogo de desenho com mouse para Super Nintendo

    Imagem: Divulgação
  • 59 85

    Adaptador para o Super Nintendo, Super Game Boy levava os jogos do Game Boy até a TV

    Imagem: Divulgação
  • 60 85

    Sem licença da Nintendo, o Super Magicom transferia os dados do cartucho e rodava backups por disquetes

    Imagem: Divulgação
  • 61 85

    Popular no Japão, o Satellaview permitia download de notícias sobre games e jogos específicos

    Imagem: Divulgação
  • 62 85

    O Jag Link conectava dois consoles Atari Jaguar através de um cabo de telefonia

    Imagem: Divulgação
  • 63 85

    Além de não contar com bons jogos, o Jaguar CD ainda ganhou o apelido de 'privadinha'

    Imagem: Divulgação
  • 64 85

    Pistola para jogar "Mad Dog McCree", o Game Gun é o acessório mais popular do 3DO

    Imagem: Divulgação
  • 65 85

    No PlayStation, a Justifier foi a investida da Konami no ramo de pistolas

    Imagem: Divulgação
  • 66 85

    Febre dos anos 90, "Dance Dance Revolution" usava um tapete criado pela Konami

    Imagem: Divulgação
  • 67 85

    Usado para controlar os robôs de "Virtual On", o Twin Stick teve pouco uso no Dreamcast

    Imagem: Divulgação
  • 68 85

    Microfone do Dreamcast podia ser usado para conversas com Seaman, o peixe humanóide da Sega

    Imagem: Divulgação
  • 69 85

    Teclado do Dreamcast era usado para acessar a internet e também metralhart zumbis em "Typing of the Dead"

    Imagem: Divulgação
  • 70 85

    Cartão de memória do Dreamcast, o Visual Memory Unit (VMU) rodava minigames em sua tela

    Imagem: Divulgação
  • 71 85

    Pescadores do Dreamcast tinham até vara para curtir "Sega Bass Fishing"

    Imagem: Divulgação
  • 72 85

    Webcam do Dreamcast, a Dreameye também servia como máquina fotográfica digital

    Imagem: Divulgação
  • 73 85

    Controlar um trem fica mais fácil quando o maquinista tem o controle de "DenshaDeGo!", do PSone

    Imagem: Divulgação
  • 74 85

    Maracas de "Samba de Amigo" tinham acelerômetro similar ao do Wii Remote

    Imagem: Divulgação
  • 75 85

    Antes de "Rock Band", "Drum Mania" já teve seu acessório de bateria para o PlayStation

    Imagem: Divulgação
  • 76 85

    A pistola Lightgun não foi lançada nos Estados Unidos e nem era compatível com jogos do país

    Imagem: Divulgação
  • 77 85

    Projetado para jogos de corrida, o Sega Steering Wheel foi um dos poucos acessórios do Saturn

    Imagem: Divulgação
  • 78 85

    À moda no Nintendo 64, o Sega Saturn também ganhou um controle analógico

    Imagem: Divulgação
  • 79 85

    Com design esquisito, o NeGcom prometia mais precisão em jogos de corrida da Namco para o PSone

    Imagem: Divulgação
  • 80 85

    O controle com disco central JoGcon foi esenvolvido pela Namco para "Ridge Racer Type-4"

    Imagem: Divulgação
  • 81 85

    Opção em controle turbo para o Super Nintendo, o ProPad abusa na transparência

    Imagem: Divulgação
  • 82 85

    Com 4MB, o Expansion Pak melhorava o visual de alguns jogos do Nintendo 64

    Imagem: Divulgação
  • 83 85

    O Rumble Pak era um acessório que adicionava vibração ao controle do Nintendo 64

    Imagem: Divulgação
  • 84 85

    Nintendo 64 Disk Drive saiu só no Japão, mas poucos jogos foram lançados

    Imagem: Divulgação
  • 85 85