Nintendo

10 fatos sobre o Nintendo Switch que você precisa saber

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

20/10/2016 16h37

Após meses de especulação, a revelação do Nintendo Switch com um trailer de cerca de três minutos parece pouco perto de todas as dúvidas que temos. Mas, nos detalhes, o vídeo esconde várias informações importantes sobre o sistema.

Para que você não perca nada, UOL Jogos preparou esta lista com todos os detalhes do novo sistema que você pode ter deixado escapar. Acompanhe:

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    O Switch é console e portátil ao mesmo tempo

    O Switch é a evolução da ideia por trás do Wii U. Em essência, o sistema é um tablet, que pode ser levado para fora de casa e funcionar como um portátil, ou então conectado a uma base e rodar jogos na TV como um console comum. Toda a experiência é modular, da tela aos controles, que podem ser acoplados ou desconectados.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Novos "Mario", "Mario Kart" e "Splatoon" estão a caminho

    A Nintendo já está preparando algumas de suas maiores franquias para o Switch. Além do já confirmado "Zelda: Breath of the Wild", o sistema ainda terá novos "Super Mario", "Splatoon" e "Mario Kart".

    No caso do "Super Mario", o jogo parece ser totalmente inédito. Já "Splatoon" e "Mario Kart" parecem ser baseados nas versões de Wii U, mas com algumas novidades: o personagem inédito King Boo aparece jogável na nova versão do game de corrida, e os Inklings têm armas e estilos de cabelo que não existiam no game original.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    As third-parties voltaram

    Empresas que há anos não lançam jogos para plataformas Nintendo, como a Electronic Arts e a Take-Two Interactive, estão de volta para o Switch. Já no trailer de anúncio do sistema vimos "The Elder Scrolls V: Skyrim" e um "NBA 2K" rodando no sistema, e a lista de desenvolvedores que estão criando games para o videogame ainda inclui nomes como Epic Games, Activision e Codemasters.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Os jogos virão em cartuchos

    Os rumores estavam certos: a Nintendo deixou os discos de lado para seu próximo videogame. Jogos do Switch como "Skyrim" serão vendidos em cartuchos - uma mídia que permite ao sistema funcionar como um portátil, em qualquer lugar. Há uma alternativa, claro: baixar os jogos pela internet.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Os controles chamam-se 'Joy-Con'

    Pequenos e versáteis, os controles do Switch chamam-se 'Joy-Con'. Eles podem ser utilizados de várias maneiras: acoplados à tela, um em cada mão, ou conectados através do acessório 'Joy-Con Grip'. Para certos jogos, como no caso de "Mario Kart", cada jogador poderá jogar com um único 'Joy-Con'.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Um controle tradicional será vendido separadamente

    Seguindo os passos do Wii e do Wii U, o Switch também terá um controle nos moldes tradicionais, que será vendido separadamente. O 'Nintendo Switch Pro Controller' substitui o uso dos 'Joy-Cons', mas não pode ser acoplado à tela do videogame.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    O multiplayer também será 'portátil'

    O trailer de anúncio do Switch mostra diversas maneiras curiosas de como o sistema poderá ser usado no multiplayer. O tablet pode servir como tela, apoiado em uma mesa, enquanto várias pessoas em volta usam seus próprios 'Joy-Cons' para jogar. Em outra cena, dois tablets do Switch lado a lado mostram duas perspectivas para uma mesma partida de "NBA 2K".

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Os gráficos estão por conta da NVIDIA

    Ainda que as especificações técnicas do Switch ainda sejam um mistério, a NVIDIA já confirmou que é a empresa responsável pelo processador gráfico do sistema. A arquitetura Tegra - a mesma das mais poderosas placas de vídeo GeForce - alimenta o videogame, que ainda conta com APIs e bibliotecas de software personalizadas criadas pela NVIDIA especialmente para a Nintendo.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    O preço do sistema ainda é um mistério

    A Nintendo não revelou quanto o Switch custará no lançamento. Rumores antes do anúncio oficial da plataforma indicavam que ela seria vendida por US$ 300, mas a informação não foi confirmada.

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Switch no Brasil ainda é incerto

    Apesar de nossos constantes questionamentos ao longo dos últimos anos, a Nintendo ainda não confirma oficialmente se voltará a vender seus produtos no Brasil. Portanto, é impossível prever quando, por quanto, e até se o Switch chegará às lojas brasileiras.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Jogos
do UOL
do UOL
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Topo