5 vezes que Hollywood arruinou animes e mangás

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

28/11/2017 04h00

Há um misto de esperança e ceticismo sempre que os fãs de animes e mangás escutam que determinada obra será adaptada em um filme com atores reais. Razões para essa reação mista não faltam: em geral, essas versões acabam sendo, na melhor das hipóteses, dispensáveis.

Ainda dentro desta realidade, há alguns filmes que conseguem se destacar quando o assunto é mandar mal em uma adaptação. Abaixo listamos cinco deles que darão calafrios em quem é fã das obras originais. Confira.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Fist of the North Star (1995)

    Nota no IMDB - 3,9/10

    "Hokuto no Ken" é célebre pela sua violência exagerada e isso, por si só, seria um grande desafio na hora de transpor a história de Kenshiro para um filme com atores reais. Some isso a problemas como baixo orçamento e atuações fracas e temos "Fist of the North Star", filme lançado em 1995 em VHS. Ele chegou a passar na TV aberta brasileira, mas é tão esquecível que pouca gente lembra disso.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Speed Racer (2008)

    Nota no IMDB - 6/10

    Caso você tenha ido ao cinema assistir "Speed Racer" há uma boa chance de ter saído com dor de cabeça devido aos efeitos do filme. Ainda que ele possa ser considerado "até que divertido", o longa exagera na quantidade de luzes durante as corridas, a ponto do espectador ficar sem saber o que está acontecendo. Essa adaptação, dirigida pelos irmãos Wachowski - os mesmos de "Matrix" - não recebeu críticas extremamente ruins, porém a narrativa se torna confusa em diversos momentos, e isso é justamente o contrário do que um filme criado para divertir deveria fazer.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Dragonball Evolution (2009)

    Nota no IMDB - 2,6/10

    Se você acha que o maior erro de "Dragonball: Evolution" está na grafia do nome, bem, você certamente não assistiu ao filme de 2009. Além de extremamente americanizado, o longa não passa de uma mistura de filme adolescente com uma narrativa que se apropria de personagens e de parte da história de "Dragon Ball". O resultado é algo sem pé nem cabeça, permeado com sequências de luta fracas e efeitos toscos.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Ghost in the Shell (2017)

    Nota no IMDB - 6,4/10

    Nem mesmo a boa atuação de Scarlett Johansson e os efeitos visuais são suficientes para salvar "Ghost in the Shell". Nesse caso, o problema não está no filme em si, mas na sua incapacidade de retratar questões abordadas pelo material original - o que, considerando a história de "Ghost in the Shell", é um tremendo desperdício. O resultado é um longa superficial que, mesmo recheado de potencial técnico, acaba jogando fora a chance de realmente brilhar.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Death Note (2017)

    Nota no IMDB - 4,6/10

    "Death Note" é um mangá/anime com personagens cativantes, uma história cheia de reviravoltas e que, ao seu modo, faz diversas críticas sociais. É justamente o oposto do que o filme que estreou esse ano na Netflix faz. Além de descaracterizar diversos personagens, incluindo o protagonista Light e seu rival, L, a história sombria vista no mangá e no anime acaba virando uma trama digna de "Malhação".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos

Topo