Jogos

6 motivos para você ficar ansioso por "Destiny 2"

Divulgação/Bungie
Imagem: Divulgação/Bungie

Do UOL, em São Paulo

18/05/2017 17h29

A Bungie revelou oficialmente nesta quinta-feira (18) os primeiros detalhes de "Destiny 2", aguardada sequência que será lançada para PlayStation 4, Xbox One e PC no dia 8 de setembro.

Tudo o que os Guardiões conquistaram em suas aventuras no "Destiny" original será perdido quando os Cabal liderados por Ghaul invadirem a última cidade segura da Terra. Mas através de novos desafios, jogadores irão obter novas armas e habilidades para ficarem ainda mais poderosos do que antes.

Separamos em uma lista 6 motivos pelos quais já estamos ansiosos para voltar ao mundo dos Guardiões. Confira:

  • Imagem: Divulgação/Bungie
    Divulgação/Bungie
    Imagem: Divulgação/Bungie

    Áreas inéditas

    Todos os cenários exploráveis de "Destiny 2" serão inéditos - e três deles serão situados em planetas e luas que os Guardiões nunca tiveram a oportunidade de visitar antes.

    A maior das quatro áreas do game é a 'European Dead Zone', que é para onde os sobreviventes do ataque Cabal correram após a queda da Torre. A região tem uma enorme floresta, um sistema de cavernas subterrâneas, uma base militar dos vilões da Red Legion e uma antiga cidade abandonada.

    Titã é uma das luas de Saturno. Completamente coberta por água, ela abriga estruturas construídas por humanos durante a Era de Ouro. Já Io é uma das luas de Júpiter, considerada um local sagrado pelos Guardiões. O planeta Nessus, por fim, foi controlado pelos Vex, e esconde vários perigos e desafios em suas belas florestas.

  • Imagem: Divulgação/Bungie
    Divulgação/Bungie
    Imagem: Divulgação/Bungie

    Mais coisas para fazer

    A Bungie promete oferecer muito mais variedade de atividades em "Destiny 2". Segundo a produtora, a campanha do game será maior e mais repleta de cutscenes do que a do original, e todas as quatro áreas poderão ser exploradas no modo de patrulha.

    Além dos Assaltos e Incursões, que retornam do primeiro "Destiny", o novo game ainda terá Adventures, missões curtas e opcionais que dão mais detalhes dos mundos do jogo, e Lost Sectors, calabouços que escondem chefes e tesouros.

  • Imagem: Divulgação/Bungie
    Divulgação/Bungie
    Imagem: Divulgação/Bungie

    Novos poderes

    Com os Cabal tomando controle do Viajante, a Luz que protegia os Guardiões desapareceu... E, com ela, os poderes que eles tinham acumulado até então. Mas isto abre espaço para que novas habilidades apareçam em seus lugares.

    Caçadores, arcanos e titãs agora poderão treinar as subclasses Arcstrider, Dawnblade e Sentinel, respectivamente. Arcstriders têm controle sobre um bastão elétrico, Dawnblades usam uma espada que dispara projéteis em chamas, e Sentinels aproveitam-se de um escudo que também pode ser lançado contra inimigos ao estilo Capitão América.

  • Imagem: Divulgação/Bungie
    Divulgação/Bungie
    Imagem: Divulgação/Bungie

    PvP reimaginado

    "Destiny 2" terá um modo competitivo mais bem balanceado e focado do que o do original. Para que as disputas sejam mais equilibradas, a Bungie deixou para trás os modos de 3 contra 3 e 6 contra 6, e todas as disputas do Crisol passarão a ser de 4 contra 4.

    Além de modos clássicos que retornarão, "Destiny 2" terá pelo menos uma nova modalidade de tiroteios: Countdown, em que o objetivo é plantar e explodir uma bomba na base inimiga.

  • Imagem: Divulgação/Bungie
    Divulgação/Bungie
    Imagem: Divulgação/Bungie

    Clãs (de verdade)

    No primeiro "Destiny", clãs existiam apenas fora do game, no site oficial da Bungie. A sequência irá corrigir esta omissão, e jogadores poderão criar clãs para reunir todos os seus amigos sem sair do console (ou da Battle.net, no caso da versão de PC).

    Os clãs irão subir de nível de acordo com as ações de seus membros, concedendo itens e outras recompensas a todos os associados. Uma interface própria ainda permitirá aos jogadores saltarem direto para partidas competitivas ou cooperativas com seus companheiros.

  • Imagem: Divulgação/Bungie
    Divulgação/Bungie
    Imagem: Divulgação/Bungie

    Estreia no PC

    "Destiny 2" irá marcar a grande estreia da franquia no PC. E informações preliminares indicam que a Bungie está levando esta versão do game bem a sério.

    O game não terá uma trava máxima de quadros por segundo, e sairá de fábrica com suporte à resolução 4K e a monitores 21:9. Além disso, através da plataforma Battle.net da Blizzard, usuários irão poder conectar-se diretamente a amigos que estiverem aproveitando outros games da produtora, como "Overwatch" e "World of Warcraft".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo