Jogos

Acompanhado é melhor? 8 situações que só quem joga multiplayer entende

Reinaldo Canato/UOL
Jogar com outras pessoas, seja online ou offline, pode tornar a experiência muito mais divertida Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Rodrigo Lara

Do Gamehall

10/03/2017 10h00

Já falamos sobre algumas situações que quem joga videogame sozinho entende bem, mas engana-se quem pensa que aqueles que preferem jogar com outras pessoas, seja em casa ou online, não se divertem. O modo multiplayer, na verdade, é uma chance de ver um game funcionar fora do script - e presenciar bugs e momentos bizarros -, ou então passar por situações únicas, como enfrentar algum jogador famoso em um game de luta ou conquistar uma vitória épica no seu shooter preferido.

Abaixo citamos algumas coisas que só quem joga em modos multiplayer entende. Confira!

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Joga bem? Então é trapaceiro!

    A cena é comum especialmente em jogos de tiro. Se você fez a jogada da sua vida, matou uma sequência de dezenas de inimigos sem morrer ou, ainda, contou com a sorte para ser o melhor de uma partida, é quase certo que alguém vai desconfiar das suas habilidades e te chamar de "cheater". Por outro lado, se a partida envolveu pessoas conhecidas, ir bem é uma ótima maneira de contar vantagem depois.

  • Ajuda nos momentos difíceis

    Quem jogou games como "Dark Souls", "Bloodborne" e "Nioh" sabe que, em determinados momentos, há duas opções: tentar à exaustão passar por partes difíceis desses games ou contar com a ajuda de um amigo. Nesse caso, vantagem para quem não é um jogador extremamente orgulhoso: escolher a segunda opção é uma ótima forma de economizar stress e tempo.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Enfrentar os mais fortes

    Seja em games de luta, como "Street Fighter V", ou de tiro, caso de "Battlefield 1", o verdadeiro desafio só aparece quando se enfrenta adversários de carne e osso. E isso é um prato cheio para gamers mais competitivos medirem sua força. Jogar online também é uma maneira de aprimorar suas habilidades, estar em contato com técnicas e táticas sempre atualizadas e, para os interessados em competições, é a porta de entrada para o mundo dos eSports.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Passar um bom tempo combinando estratégias...

    Alguns jogos ficam muito mais divertidos se jogados no multiplayer, caso do novo "Ghost Recon: Wildlands" ou "Destiny". E pode acreditar: jogar esses games com pessoas conhecidas implica em passar muito tempo conversando sobre estratégias, às vezes até mais do que jogando em si. Afinal, planejamento é tudo, certo?

  • ...só para morrer em seguida

    Nenhum plano, por melhor que ele seja, resiste ao contato com o inimigo - ou a jogadores afobados que saem gritando "Leeroy Jenkins" e correm direto para a morte. Depender da boa vontade, do bom senso e da habilidade dos outros jogadores é algo que pode irritar mais do que qualquer inimigo difícil em games para um jogador.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Ter amigos e inimigos

    O ambiente da Internet e dos jogos multiplayer pode ajudar seus frequentadores a criar laços de amizade que, muitas vezes, extrapolam o mundo dos games. Por outro lado, é preciso saber lidar com os famosos "haters" e jogadores tóxicos, cujo único intuito parece ser o de tumultuar um ambiente e exigem uma boa dose de paciência de quem os encontra.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Mute", o melhor comando

    Eventualmente você irá entrar em alguma partida na qual não conhece ninguém e, não raro, haverá aquelas pessoas que não param de falar um minuto sequer. Caso você não queira participar da conversa ou, ainda, encontre aquela pessoa chata que usa o microfone para ficar gritando, ofendendo ou algo do tipo, o botão de desativar o áudio de outros jogadores costuma ser seu melhor amigo.

  • Métodos alternativos para pausar o jogo

    Como é público e notório, jogos online e mutiplayer não têm pausa. E aí entra a criatividade caso o jogador precise "dar um tempo" na jogatina para fazer outra coisa, como atender o telefone ou atender a chamados da natureza. Nessa hora, criatividade é tudo e vale usar táticas baratas como se esconder em algum canto do cenário.

  • Lidar com jogadores hiperativos ou preguiçosos

    Jogar partidas competitivas ou cooperativas é a deixa para encontrar dois tipos de jogadores: aqueles que não esperam ninguém e realizam todas as tarefas sozinhos e aqueles que entram em uma partida e ficam parados ou parecem estar em outra dimensão. Em ambos os casos, a recomendação é a mesma: uma boa dose de paciência.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos

Topo