Geek

De Viúva Negra a Mulher-Gato: super-heroínas que merecem um filme próprio

Reprodução
Imagem: Reprodução

Victor Ferreira

Do Gamehall, em São Paulo

17/10/2017 04h00

Depois do sucesso de "Mulher-Maravilha", e o interesse cada vez maior no filme da Capitã Marvel estrelado por Brie Larson, ficou claro que super-heroínas podem encontrar tanto sucesso no cinema quanto suas contrapartes masculinas.

Por isso, separamos algumas das personagens femininas mais interessantes dos quadrinhos, que poderiam facilmente ter um filme dedicado a elas no futuro.

Sim, muitas delas não são conhecidas pelo público. Mas quantas pessoas diriam que o Homem de Ferro era seu super-herói favorito antes de 2008?

  • Viúva Negra

    É uma desfeita enorme que, mesmo depois de tantos anos, a Viúva Negra não tenha um filme próprio no Universo Marvel.

    Coadjuvante de luxo nos filmes do Capitão América e Os Vingadores, Natasha Romanoff poderia facilmente protagonizar uma história de espionagem no Universo Marvel, mas por um motivo ou outro nada se concretizou.

    A promessa agora é a de que a Viúva tenha seu próprio filme depois de "Guerra Infinita", mas ainda não há diretor ou previsão de lançamento para a produção.

  • Aves de Rapina

    O filme da Batgirl já está em produção, então porque não expandir seu pequeno núcleo com o maior grupo de super-heroínas dos quadrinhos?

    Composto principalmente por Barbara Gordon (seja com a identidade de Oráculo ou Batgirl), Canário Negro e Caçadora, o trio usa tanto suas habilidades marciais quanto inteligência e dedução para lutar contra os mais diferentes tipos de crimes (e supercrimes).

    A HQ até chegou a virar uma série pela Warner, mas quanto menos se falar dela, melhor.

  • Ms. Marvel

    Uma das personagens mais recentes do mundo dos quadrinhos, Kamala Khan é uma adolescente muçulmana que adora super-heróis - particularmente Carol Danvers, a Capitã Marvel -, até ganhar seus próprios poderes especiais ao se tornar uma Inumana.

    Tentando contrabalancear sua vida pessoal e escolar com suas responsabilidades de super-herói, Kamala é basicamente o que o Homem-Aranha era nos anos 1960, mas com uma ênfase no público feminino e minorias étnicas e religiosas.

    Com o sucesso de "Homem-Aranha: De Volta ao Lar", por que não investir em uma premissa semelhante, mas com diferenças suficientes para se tornar algo especial?

  • She-Hulk

    Falando em primas, Bruce Banner tem sua própria versão feminina na forma da advogada Jennifer Walters, que após um acidente recebe uma transfusão de sangue de seu infame parente.

    Graças ao sangue irradiado de Bruce, ela acabou ganhando a força (e pele verde) do Hulk, mas manteve sua inteligência e personalidade - embora um pouco mais extrovertida do que no passado.

    A premissa de dividir sua vida entre advocacia e proteger os inocentes mais diretamente - mas sem a questão da identidade secreta encontrada pelo Demolidor - já gerou várias HQs divertidas, e poderia fazer uma comédia de ação excelente.

    Mas se a Marvel já cansou de tentar fazer um filme do Hulk dar certo, quem dirá de sua versão feminina.

  • Poderosa

    Uma versão "alternativa" da Supergirl, a Poderosa é uma prima kriptoniana do Superman, que também sobreviveu à destruição de seu planeta natal e chegou à terra.

    (Ela também vem de outra dimensão, mas não vamos confundir ainda mais a cabeça das pessoas)

    Com os mesmos poderes de seu primo, Karen (ou Kara) Starr é essencialmente uma contraparte do Superman, mas ao contrário do primo tem uma personalidade bem forte - e às vezes bem agressiva -, e ao mesmo tempo questionadora.

    Uma questão maior é de como seu uniforme "icônico" seria adaptado para os cinemas, já que como é possível ver acima ela possui certos... atributos especiais, e o visual é fonte constante de críticas.

  • X-23

    Laura fez uma estreia e tanto em "Logan", e caso a Fox tenha interesse é sempre possível criar uma nova história com o futuro distópico apresentado no filme.

    Não duvido que a pequena Dafne Keen não esteja ao menos um pouco interessada em voltar a fatiar mercenários nas telonas como a filha do Wolverine.

  • Tempestade

    Personagem favorita de Chris Claremont - o homem que transformou os X-Men nos heróis mais populares do mundo -, a Tempestade tem um passado rico em histórias que podem ser facilmente exploradas no cinema, especialmente agora que ela foi "rejuvenescida" com a mudança para a atriz Alexandra Shipp

  • Gwenpool

    Ah, a personagem que basicamente ninguém conhece.

    Gwen Poole é como uma mistura de Kamala Khan e (acredite ou não) Deadpool: uma adolescente normal amante de quadrinhos, que de alguma forma acaba indo parar no Universo Marvel.

    Munida apenas de seu extenso conhecimento de cultura pop, Gwen tenta virar uma super-heroína (e mercenária) para ganhar fama, prestígio e, principalmente, manter sua revista viva, já que como qualquer personagem sua mortalidade depende da popularidade com o público.

    Apesar de pegar emprestado as décadas de continuidade dos quadrinhos da Marvel, um filme de Gwenpool poderia funcionar facilmente ao parodiar o fenômeno dos super-heróis no cinema, colocando os heróis em constante conflito com os métodos não convencionais da protagonista - sendo acidentalmente tão sociopata quanto Deadpool.

    ... Eu só quero que tenha uma oportunidade para colocar o M.O.D.O.K. no cinema, OK?

  • Mulher-Gato

    Não, o filme da Halle Berry não conta.

    Selina Kyle já apareceu no cinema algumas vezes, mas nunca teve a chance de estrelar um filme próprio. Mesmo com seu status de "heroína" sendo um tanto... fluído, é possível fazer um filme de assalto nos moldes de "Onze Homens e Um Segredo" - o filme do Homem-Formiga já mostrou que a estrutura funciona relativamente bem ao ser adaptado para o mundo dos super-heróis.

    E o público adora uma participação especial do Batman, não importando o contexto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
Roberto Sadovski
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
UOL - Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
Especiais
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Topo