Topo

Esses games mudaram depois do lançamento e merecem uma segunda chance

Divulgação
Imagem: Divulgação

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

17/01/2018 04h00

Alguns games fazem sucesso desde o lançamento, acertando em cheio e atendendo as expectativas dos fãs. Outros, deixam tanto a desejar que são descartados em pouco tempo, mesmo vendendo milhares de cópias quando chegam às lojas. São games que até têm uma comunidade agitada nas primeiras semanas após o lançamento, mas que em pouco tempo ficam com os servidores esvaziados e acumulam críticas em fóruns e sites como o Metacritics.

VEJA TAMBÉM:

Felizmente, com a facilidade dos consoles atuais e suas redes online, o desenvolvimento não é interrompido quando eles chegam às lojas. Produtores dedicados prestam atenção aos fãs fiéis e seguem adicionando conteúdo e modificando o jogo até atingir aqueles objetivos prometidos meses - ou anos - atrás.

Confira 5 games atuais que mudaram e merecem uma segunda chance. Provavelmente você tem um desses na estante (ou no disco rígido), então que tal aproveitar o começo do ano para voltar lá e ver tudo o que mudou?

  • Divulgação

    No Man's Sky (PC, PS4)

    Poucos lançamentos geraram tanta espectativa quanto "No Man's Sky" - para fracassar rapidamente logo em seguida. No game, você é um astronauta e viaja por uma enorme galáxia coletando recursos, conversando com alienígenas e explorando estranhas estruturas. O objetivo era alcançar o centro da galáxia para desvendar um mistério. A jornada era bem mais rápida do que se esperava e o mistério... não vou dar spoilers, mas, que decepção! O prometido modo multiplayer não estava presente e muitas coisas vistas nos trailers não existiam no game...

    "No Man's Sky" recebeu vários incrementos robustos ao longo dos anos: melhorias gráficas para a versão PS4 Pro, que deixaram o jogo mais parecido com os trailers de divulgação, veículos terrestres, novos modos de jogo, como o tranquilão "sandbox" e o desafiador modo de sobrevivência, e uma nova campanha, com uma história bem elaborada e que não envolve ir ao centro da galáxia. E, finalmente, o modo multiplayer chegou. "No Man's Sky" ainda é um game que vai agradar poucos, mas é bem melhor do que o jogo lançado em 2016.

  • Divulgação

    Street Fighter V (PC, PS4)

    O game de luta da Capcom foi alvo de duras críticas no primeiro ano, tanto pelo plantel limitado a 16 lutadores quanto pela ausência de modos de jogo tradicionais, como o Arcade. O jogo era focado em partidas online e tinha sérios problemas de conexão, o que afastou boa parte dos jogadores mais casuais.

    Novos lutadores foram adicionados ao longo dos anos e hoje a lista inclui 28 guerreiros diferentes. Um modo História (curtinho, mas gratuito) foi desenvolvido pela Capcom e agora o jogo recebeu uma sólida atualização com o tão aguardado modo Arcade - feito para homenagear o passado da série, que completa 30 anos em 2018. Ao longo do ano, mais cinco lutadores serão lançados para "Street Fighter V".

  • Divulgação

    The Division (PC, PS4, XBO)

    O game da Ubisoft onde os jogadores são agentes especiais numa Nova York devastada por um ataque biológico prometeu muito e entregou pouco no lançamento. Meio RPG online, meio jogo de tiro tático, "The Division" tem uma ótima ambientação, mas deixou a desejar para quem terminava a campanha principal e não queria só ficar lutando por itens na Zona Cega. Isso, e as constantes modificações nas armas, deixou muita gente descontente nos primeiros meses de vida do game.

    Além das três expansões pagas lançadas no primeiro ano, "The Division" recebeu uma série de melhorias e novas opções de jogo nos últimos meses. Um modo Horda para jogadores de nível alto, uma zona extra para explorar, sistemas de condecorações que ajudam você a se sentir progredindo o tempo todo, recompensas via "loot boxes" e outras melhorias tornaram o game muito melhor - e a comunidade está aos poucos retornando para as ruas de NY, já na expectativa do anúncio de uma continuação.

  • Divulgação

    The Witcher 3: Wild Hunt (PC, PS4, XBO)

    Aclamado como um dos melhores games da geração, "The Witcher 3" não é um consenso: muita gente que não era familiarizada com a saga do bruxo Geralt se aventurou no jogo e não gostou, principalmente com a movimentação truncada do herói. Mesmo com todos os prêmios que ganhou, a CD Projekt passou anos refinando o jogo, melhorando os sistemas de inventário, alquimia e outros tantos menus.

    "The Witcher 3" ganhou um sistema de movimento alternativo (e você pode manter o original se preferir) e melhorias gráficas para os consoles PS4 Pro e Xbox One X, além de duas expansões robustas.

  • Divulgação

    Warframe (PC, PS4, XBO)

    Um dos jogos que mais evoluiu nos últimos anos é o shooter online "Warframe". Ao longo dos quase 5 anos de vida do game, praticamente todos os sistemas foram refeitos, desde o combate e movimento até a progressão dos personagens.

    Além de novos sistemas e melhorias nas mecânicas, o game recebeu grandes atualizações que expandem a campanha, eventos e uma grande área de mundo aberto. "Warframe" é, de muitas maneiras, tudo o que "Destiny" deveria ser - e de graça!

Mais Jogos