Jogos

Fica a dica, Netflix! 12 games que poderiam virar seriados excelentes

Reprodução
Temos uma sugestão para o que pode substituir "Game of Thrones" como principal seriado medieval em alguns anos Imagem: Reprodução

Victor Ferreira

Do Gamehall, em São Paulo

14/02/2017 14h42

As evidências estavam lá, mas mesmo assim todo mundo acabou sendo pego de surpresa com o anúncio de que "Castlevania" vai virar um seriado animado pela Netflix.

Já falamos o que gostaríamos de ver no seriado, que ao menos promete com a produção do estúdio de "A Hora da Aventura" e do roteirista Warren Ellis.

Ainda assim, o anúncio causou tanta comoção na redação de UOL Jogos que imediatamente nos fez pensar: que outros jogos poderiam funcionar como séries?

Aqui estão algumas humildes sugestões - de graça, não precisa agradecer - de jogos que poderiam vingar como séries, seja em canais de TV ou em serviços de streaming como Netflix e Amazon Prime.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Mass Effect

    Embora tenho pego "emprestado" muitas das ideias e conceitos de outras histórias de ficção científica - incluindo da TV -, o universo de "Mass Effect" é um dos mais interessantes a surgir no mundo dos games nos últimos anos, e poderia ser um excelente palco para uma série de TV.

    O melhor é que seria possível seguir por várias vertentes, podendo trazer tanto histórias e personagens novos, até uma adaptação da trilogia do Comandante Shepard.

    Ei, quem sabe consigam até consertar o final!

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Fallout

    Seja na Califórnia, Nevada, Washington D.C. ou na região de Massachusetts, a série "Fallout" sempre trouxe lugares engajantes para se explorar e pessoas engajantes para se interagir.

    A vantagem é que, assim como em "Mass Effect", o universo de "Fallout" traz diversas oportunidades e lugares ainda inexplorados - que tanto uma adaptação de eventos dos jogos quanto uma história original podem funcionar perfeitamente.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Fire Emblem

    Misturando batalhas estratégicas com interações e relacionamentos de personagens, "Fire Emblem" é uma franquia da Nintendo em ascensão no Ocidente, e nada mais justo que uma nova série animada para conquistar mais do público daqui.

    Mais do que isso, como é o caso dos jogos, o seriado pode atrair diferentes públicos: os fãs de ação poderão curtir as batalhas adaptadas; "shippeiros" de plantão podem ficar discutindo por horas qual é o casal ideal; e as mortes surpreendentes e inesperadas devem no mínimo chamar a atenção de pessoas que gostam de "Game of Thrones" ou outros seriados chocantes.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Star Wars: Knights of the Old Republic

    Na década de 2000, fãs de "Star Wars" que não gostavam das prequels - e podemos dizer com alguma segurança que não eram poucos - podiam ao menos se contentar com algumas das gemas que surgiam do Universo Expandido da série, seja no mundo dos quadrinhos, livros ou games.

    Entre eles, os jogos da série "Knights of the Old Republic" sempre se destacaram, seja pela sensação de aventura do original da Bioware, pela excelente narrativa (até o final) e desconstrução dos elementos da série feita na sequência "The Sith Lords", da Obsidian, ou mesmo pelas diferentes histórias vistas no RPG Online "The Old Republic".

    E já que sabemos que a Disney quer sugar até o último centavo possível de "Star Wars" como um todo, porque não trazer a história de Revan para a TV?

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Deus Ex

    Já que a Eidos Montreal deve ficar ocupada pelos próximos anos com os jogos dos Vingadores - e ainda há várias perguntas sem resposta depois do fim de "Mankind Divided" -, o mundo cyberpunk de "Deus Ex" tem potencial para inspirar um bom seriado televisivo.

    ... Ainda assim, vale a pena ver se esta estética pode vingar com o público em 2017, especialmente com filmes como "Ghost in the Shell" e o novo "Blade Runner" a caminho.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Mafia

    Mesmo com apenas 3 jogos produzidos em uma janela de quase 20 anos, a franquia "Mafia" é conhecida por narrativas, ambientações e personagens complexos, o que pode render ainda mais no mundo televisivo.

    Assim como nos games, também seria possível explorar diferentes eras do crime organizado em cada temporada, com uma ou outra ligação com histórias anteriores - o que não é incomum em séries de TV, tomando como exemplo "Fargo" e "True Detective".

  • Imagem: Reprodução/FaceCoverz
    Reprodução/FaceCoverz
    Imagem: Reprodução/FaceCoverz

    Silent Hill

    Falando em possíveis antologias, por que não aplicar algo assim a "Silent Hill"?

    Embora esteja longe de ser perfeito, o primeiro filme de "Silent Hill" ao menos mostrou que a estética da série pode funcionar no "mundo real".

    Sendo assim, algo nos moldes de "Black Mirror", com cada episódio explorando uma história ou elemento diferente da misteriosa cidade de Silent Hill, poderia funcionar com a equipe de produção certa.

    Infelizmente, Guillermo del Toro provavelmente não se envolveria com o projeto.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Mortal Kombat

    Como já foi comprovado com o filme de 1995 e a websérie "Legacy", sob as mãos certas "Mortal Kombat" é um produto que pode ser bem adaptado.

    Enquanto há rumores sobre um novo filme da franquia em produção, também é possível explorar mais sobre cada personagem e facção, e trazer cenas de luta empolgantes, em uma série de TV.

    ... Embora o ideal é que o show não ficasse na programação do canal CW, pois apesar de trazer algumas adaptações boas - como "Arrow" e "Flash" -, muita da violência e brutalidade que marcaram os games seria perdida na busca por um público maior.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Bully

    Já que não há notícias por parte da Rockstar Games de criar uma sequência para o aclamado "Bully", de 2006, por que não sonhar com uma adaptação - e até expansão - da história de Jimmy Hopkins na Bullworth Academy?

    Claro, "Bully" não tem o mesmo reconhecimento de "GTA" ou "Red Dead Redemption", mas isso pode ser uma força em si, já que a Rockstar provavelmente não arriscaria o nome de suas duas maiores franquias.

    ... Por outro lado, o nome "Bully" talvez traga seus próprios problemas (lembra quando o jogo foi banido por 8 anos no Brasil?).

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    The Witcher

    Ignorando o fato de que uma série de TV sobre as aventuras de Geralt (não muito boa) já foi produzida na Polônia, "The Witcher" traz narrativas fortes o suficiente para render um bom seriado de fantasia medieval - especialmente agora que "Game of Thrones" está em vias de acabar.

    Além dos jogos em si, é possível - e até preferível - adaptar primeiro as obras de Andrzej Sapkowski, que originaram a franquia e eventualmente levou aos games da CD Projekt RED.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Minecraft

    Ei, ei. Há precedente.

    Apesar de "Minecraft" ser principalmente uma ferramenta para a imaginação das pessoas, o jogo tem uma campanha própria. Mais do que isso, a Telltale Games lançou "Minecraft: Story Mode", aplicando uma narrativa central ao mundo do jogo.

    O ponto é, se já tivemos um desenho sobre o Cubo Mágico, não há razão para a Microsoft e a Mojang ao menos tentarem a sorte com sua franquia bilionária.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    The Legend of Zelda

    Eu sei, tudo indica que seria uma péssima ideia. Mas lembra daquele furo (errado) que o Wall Street Journal publicou em 2015?

    Há limitações óbvias ao trazer qualquer história de "Zelda" para o público, particularmente envolvendo o herói Link (que, como é importante lembrar, é um personagem completamente diferente da Zelda) e suas interações com o resto do mundo.

    Ainda assim, há algo de fascinante em pensar como Hyrule poderia ser recriada fora dos games.

    Além disso, não seria tão ruim se o Link pudesse falar, certo?

    Certo?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos

Topo