Topo

Jogos

PlayStation

Mulheres em alta: 5 jogos da E3 com protagonistas femininas

Montagem/UOL
Imagem: Montagem/UOL

Do UOL, em São Paulo

16/06/2016 13h02

Se videogame passa longe de ser "coisa de menino", o mesmo pode ser disso sobre o papel das mulheres nos games. Mais do que coadjuvantes, elas cada vez mais passam a assumir o papel de protagonistas em aventuras das mais variadas. E alguns dos melhores jogos apresentados da E3 têm, justamente, mulheres em posição de destaque, seja em aventuras espaciais, realidades desoladas ou enfrentando aliens armados até os dentes.

  • Dishonored 2

    Lançamento: 11/11/2016 | Plataformas: PS4, XBO e PC

    "Dishonored 2" continuará oferecendo a mesma liberdade de exploração do primeiro game da série. Ou seja: os jogadores cumprirão suas missões da forma que bem entender, priorizando o combate, a furtividade ou, ainda, se negando a utilizar poderes sobrenaturais.

    Haverá a opção para jogar com o protagonista do primeiro jogo, o assassino Corvo Attano e Emily Kaldwin, que acabou deposta do trono de imperatriz de Dunwall. Ambos os personagens terão variações dos poderes, que têm versões letais ou não e também mudam de acordo com quem se estiver jogando.

  • Gears of War 4

    Lançamento: 11/10/2016 | Plataformas: XBO, PC

    Ainda há poucos detalhes sobre a campanha de "Gears of War 4", um dos principais lançamentos de Xbox One e PC que chega em outubro. Uma certeza, porém, é que Kait Diaz estará entre os três protagonistas do game, ao lado de JD Fenix e Delmont Walker. E, juntamente deles, ela irá encarar os perigos do planeta Sera, após uma arma de destruição em massa quase aniquilar o lugar.

    Diaz faz parte de um grupo de resistência chamado "Outsiders", que vive fora das cidades e se nega a obedecer os desmandos da COG, organização que governa as cidades de Sera com mão de ferro.

  • Reprodução

    Mass Effect: Andromeda

    Lançamento: primeiro trimestre de 2017 | Plataformas: PS4, XBO e PC

    Tradição na série "Mass Effect", a possibilidade de escolher o sexo do protagonista também será uma função em "Mass Effect: Andromeda". Ainda assim, como ocorreu nos primeiros jogos, a personagem "oficial" da série tem nome e sexo definido: trata-se de Ryder, uma exploradora espacial incumbida de encontrar um novo planeta para ser habitado pela espécie humana.

    Quem esperava informações mais aprofundadas do título durante a E3 2016, porém, se decepcionou. Pouco se sabe sobre o jogo, mas entre os detalhes revelados estão o fato de que ele utilizará um mundo aberto como forma de dar mais liberdade aos jogadores. O jogo se passará séculos após os fatos relatados na primeira trilogia da franquia.

  • Horizon Zero Dawn

    Lançamento: 28/02/2017 | Plataformas: PS4

    No RPG de ação "Horizon Zero Dawn", o planeta Terra foi abandonado pelos humanos. A razão para isso foi um conflito com robôs, no qual os mecanoides acabaram dominando o ambiente. Um dos poucos humanos a habitar o planeta é Aloy, uma caçadora extremamente capaz que faz uso de um arco e flecha.

    Para sobreviver nesse futuro pós-apocalíptico, ela precisa caçar esses robôs e coletar recursos, que podem ser usados para diversos fins, como a criação de novos itens. Aloy tem a habilidade de criar armadilhas e usar uma grande variedade de armas em sua missão. A aventura ocorre em um mundo aberto e a produtora do jogo, Guerrilla Games (a mesma da série "Killzone"), afirmou que ele também terá ciclos de dia e noite e clima dinâmico.

  • ReCore

    Lançamento: 13/09/2016 | Plataformas: XBO, PC

    A moça da vez se chama Joule e, ao lado de Mack, um robô capaz de assumir formas e poderes diferentes de acordo com os inimigos derrotados. Lembrou de Mega Man? Pois o criador da série do robô azul, Keiji Inafune, está envolvido na criação de "ReCore".

    O jogo tem mecânicas que lembram "Metroid Prime", enquanto o visual tem um quê de "Lost Planet". O ambiente explorado é o planeta New Eden e suas paisagens áridas e o game aposta em uma visão em terceira pessoa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor