Retrô

Museu nos EUA elege os games mais importantes de todos os tempos

Reprodução
The Strong (foto) faz seleções anuais para o World Video Game Hall of Fame Imagem: Reprodução

Barbara Gutierrez

Do UOL, em São Paulo

11/05/2017 12h37

O The Strong, museu norte-americano localizado em Nova York, traz em sua estrutura dois grandes espaços dedicados aos games: o centro da história dos jogos eletrônicos e o hall da fama mundial dos videogames.

Dessa forma, o local escolhe quais jogos são os mais importantes já lançados até o momento. Todo mês de maio de cada ano, o local analisa as indicações do público e seleciona novos games para entrar na lista.

Será que o seu favorito está listado abaixo? Confira:

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Donkey Kong"

    O clássico criado por Shigeru Miyamoto, que na época era apenas um empregado júnior na Nintendo, acabou gerando uma história que criaria o personagem mais conhecido dos games, com um ágil encanador que tinha que salvar sua namorada de um monstro. Mario e Donkey Kong tiveram suas origens da mesma forma, com o game de 1981 que acabou vendendo mais de 100 mil cópias somente nos EUA, gerando muita renda à Nintendo.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "DOOM"

    Lançado em 1993, "DOOM" basicamente popularizou o gênero de jogos de tiro em primeira pessoa, inspirando outros clássicos como GoldenEye 007 (1997), Half-Life (1998) e Halo (2000). O título foi pioneiro em seu modelo de game design, com uma nova engine que permitia modificações como expansões feitas pelos próprios jogadores, além de oferecer ao mercado a popularização de games em rede. Estima-se que "DOOM" foi jogado por 15 milhões de pessoas, além de criar um importante debate na sociedade sobre o papel de jogos violentos na influência de jovens.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Grand Theft Auto III"

    O mundo aberto e o conteúdo adulto que "GTA III" trouxe em sua jogabilidade trouxe uma grande marco para os videogames. O jogador poderia escolher se levaria a vida de crimes oferecida por Liberty City ou se apenas exploraria o mundo virtual. Lançado em 2001, o jogo não foi o primeiro a oferecer um mundo aberto, mas com certeza se popularizou por trazer discussões sobre os limites do que é feito ou não em seu formato sandbox, acabando com a concepção de que games são somente para crianças.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Halo: Combat Evolved"

    Também lançado em 2001, o FPS mais famoso da Microsoft apareceu ao lado do Xbox quando a empresa deu seus primeiros passos para entrar no mercado de consoles caseiros. O game foi um sucesso e mostrou que, apesar dos PCs dominarem como plataforma para jogos de tiro em primeira pessoa, os consoles poderiam ser tão bons nesse quesito quanto qualquer computador. Tem mais: "Halo" trouxe à tona uma das experiências multiplayer mais sólidas de sua época, além da franquia ser um sucesso até os dias atuais.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "The Legend of Zelda"

    Outro game de Shigeru Miyamoto, o primeiro jogo de "The Legend of Zelda" trouxe um mundo aberto não linear e inspirou diversos RPGs e jogos de ação e aventura com seus puzzles. Lançado em 1986, posteriormente a franquia tornou-se uma das mais famosas da Nintendo, retratando personagens já tão conhecidos hoje em dia como Zelda, Link e o vilão Ganon. A liberdade e pequenos detalhes do game fizeram com que os jogadores conversassem entre si e dividissem dicas, resultando na criação da revista Nintendo Fun Club, que posteriormente se transformou na conhecida Nintendo Power.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "The Oregon Trail"

    Inicialmente lançado apenas como uma forma de ajudar aos alunos de Minnesota, estado dos EUA, a aprender história norte-americana, "The Oregon Trail" se tornou o jogo educacional de maior sucesso de todos os tempos. Além de mostrar como os games podem ajudar no aprendizado, o jogo - lançado em 1971 - posteriormente foi distribuído para diversas escolas nos Estados Unidos e não somente ajudou seus jogadores a entender melhor a história, como também os ajudou a lidar com o manejo de computadores, que ainda eram uma novidade na época.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Pac-Man"

    Sendo o arcade com maior sucesso de vendas em toda a história, o título de 1980 se transformou no primeiro grande ícone dos videogames, gerando uma nova cultura ao redor da jogatina - seja pelo aumento de vendas de licenças ou pelo início da criação de brinquedos, roupas e outros tipos de acessórios relacionados a "Pac-Man". Com personagens carismáticos e coloridos, o game até ganhou um desenho e música própria, sendo precursor no que antecederia a febre para outros grandes personagens como Mario ou Sonic.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Pokémon Red" e "Green"

    Se "Pac-Man" é o maior sucesso de vendas entre os arcades, "Pokémon" ocupa este posto nos RPGs. O game com os monstrinhos fofos virou uma verdadeira febre mundial, com mais de 23 milhões de cópias vendidas. O primeiro jogo, lançado em par no Japão como "Pocket Monsters Aka" (Red) e "Midori" (Green) em 1996, deu origem a uma franquia com dezenas de outros títulos, 802 monstrinhos para colecionar e um anime que fez a infância de muitos treinadores Pokémon.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Pong"

    Apesar de não ser o primeiro game de seu tipo (o console caseiro Magnavox Odyssey já possuía um jogo de tênis bem similar), "Pong" foi com certeza o mais popular, sendo um dos primeiros do ramo a lucrar. Dando origem a um novo setor da indústria, o game de 1972 introduziu milhões de pessoas ao entretenimento dos jogos eletrônicos ao estar presente em restaurantes e bares de todo os EUA e, posteriormente, nas casas de jogadores.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "The Sims"

    Com o simulador de vida mais completo já lançado, as relações e rotinas humanas foram exploradas de diversas formas pelos jogadores. Lançado em 2000, "The Sims" trazia uma mecânica diferenciada, com personagens que já possuíam em sua inteligência artificial uma espécie de autonomia moderada, além de expressar sentimentos e ter personalidade. O jogo virou febre e já teve dezenas de lançamentos de expansões e sequências, mostrando o quão completo um game pode ser ao retratar a experiência humana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
Topo