Jogos

Relembre 8 acessórios curiosos criados para o primeiro PlayStation

Reprodução
Imagem: Reprodução

Rodrigo Lara

Do Gamehall

26/01/2017 12h41

Lançado em 1994 no Japão, o PlayStation inaugurou a linha de consoles da Sony e foi sucesso de crítica e público. O videogame trazia diversas inovações e acabou sendo um prato cheio para a criação de acessórios e controles bastante específicos - e, em diversos momentos, bizarros -, cujo intuito era aproveitar melhor características de determinados games ou, ainda, "driblar" certas limitações do videogame em si.

Abaixo listamos oito desses itens lançados para o console. Confira!

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    InterAct Fission Fishing Reel Controller

    Nada mais adequado do que um controle em forma de vara para se jogar um game de pescaria, certo? Pensando dessa maneira, a InterAct lançou o Fission Fishing Reel Controller.

    O acessório era sofisticado e utilizava sensores de movimento para simular a fisgada, além de um sistema de vibração. O maior problema era justamente seu realismo: específico demais, ele acabava sendo utilizado somente para games como "Reel Fishing".

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    ZXE-D: Legend of Plasmalite

    Que tal montar uma miniatura de robô na vida real utilizando pequenas peças e, depois, transportar o resultado para um game de luta de robôs?

    Essa era a premissa de "ZXE-D: Legend of Plasmalite", jogo de batalhas entre robôs que trazia um conjunto de peças para que o jogador montasse seu lutador. A criação, então, era transportada para o game por meio de uma interface plugada na entrada de Memory Card que reconhecia as peças utilizadas.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    PlayStation V-Pick

    Antes dos caros e realistas conjuntos de controles para games como "Rock Band" e "Guitar Hero", o primeiro PlayStation contou com um acessório para jogos musicais.

    Tratava-se do V-Pick, um controle em forma de palheta de guitarra capaz de "captar" o movimento das mãos. Era um acessório bastante específico e com uso restrito em jogos como “Aerosmith: Quest for Fame” e “Stolen Song”.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Ascii Grip V

    A Ascii desenvolveu diversos acessórios para o PlayStation e entre eles está o curioso Ascii Grip V. A ideia principal é que o jogador utilize apenas uma das mãos para jogar.

    A ideia é interessante, seja por comodidade ou acessibilidade - pessoas com deficiência, por exemplo, teriam todos os comandos ao alcance de uma mão apenas -, porém o controle acaba sendo realmente útil apenas para jogos mais cadenciados e que não envolvem o uso de múltiplos comandos.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Namco Jogcon

    Esse controle foi criado pela Namco especificamente para ser usado com o game "R4: Ridge Racer Type 4", tanto que ele acompanhava alguns pacotes do jogo.

    Ele é, em boa parte, um controle comum de PlayStation, porém contava com um disco em sua parte central que funcionava como uma espécie de volante. A parte interessante é que o disco possuía um sistema de force feedback, reagindo conforme os movimentos do carro no game.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Gamester Evolution Motion Sensitive Controller

    A popularização dos controles de movimento feita pelo Wii ainda estava longe de acontecer quando o Gamester Evolution Motion Sensitive Controller foi lançado.

    Esse controle era dividido em duas peças, sendo que uma delas era uma espécie de luva, cujo movimento exercia a função do que seria o analógico direito de um controle comum.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Datel Memory Drive

    Um dos pontos fracos do PlayStation era a capacidade limitade de armazenamento dos Memory Cards, acessórios responsáveis por gravar o progresso dos games. Até havia Memory Cards com capacidade adicional vendidos por terceiros, porém era comum que esses acessórios acabassem apresentando defeitos com o tempo.

    Uma das soluções mais criativas para o problema foi criada pela Datel e se chamava Memory Drive. Não era exatamente prático: tratava-se de uma máquina de gravação de disquetes que era plugada em uma tomada e na entrada de Memory Card do videogame, mas isso permitia que o progresso dos games fosse gravado em abundantes e baratos disquetes de 3,5 polegadas.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Tela de LCD

    Se o PlayStation encolheu com o lançamento da versão PSOne, por que não dar um viés de portátil ao aparelho? Esse era o intuito de uma tela de LCD lançada pela Sony em 2001 no Japão.

    Ela ficava encaixada na traseira do console e se estendia para cima. Tinha cinco polegadas e entrada de energia independente do videogame, exigindo sua própria tomada - o que não é, exatamente, algo muito prático. O lado positivo é que tanto ela quanto PSOne poderiam ser ligados em uma saída de acendedor de cigarros de automóveis, tornando qualquer viagem mais divertida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos

Topo