Jogos

Sem medo de morrer: veja 5 razões para você jogar (ou não) "Dark Souls III"

Divulgação
Acostume-se com a tela acima: morrer em jogos da série "Dark Souls" é algo bastante corriqueiro. Segredo para avançar no game é aprender com o fracasso Imagem: Divulgação

Rodrigo Lara

Do Gamehall

31/03/2016 11h59

Não é exagero dizer que "Dark Souls III" corre por fora entre os grandes lançamentos de games agendados para o primeiro semestre de 2016. Enquanto títulos como "Quantum Break" e "Uncharted 4: A Thief's End" - que chegam em abril e maio, respectivamente - são os grandes blockbusters do período, o game da From Software, por sua vez, atrai uma legião fiel de fãs. 

A parte mais curiosa é que a série "Dark Souls", por sua vez resultante do game de 2009 "Demon's Souls", é conhecida por não tratar bem os jogadores. Em uma indústria na qual a multiplicação de pontos de salvamento e dificuldades amenas davam o tom, ela resgatou o espírito da velha guarda ao reintroduzir elementos capazes de frustrar até mesmo jogadores experientes.

Com essa fama de jogo imperdoável, a dúvida que fica é: vale a pena se arriscar em "Dark Souls III"? Abaixo elencamos cinco pontos que podem ajudar os jogadores a se decidirem se irão, ou não, encarar a morte de frente.

Você está pronto para "Dark Souls III"?

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Quem não arrisca...

    A relação entre risco e recompensa é um dos principais pilares da série "Dark Souls". O sistema do jogo premia quem se arrisca, por exemplo, a carregar uma boa quantidade de almas recolhidas dos inimigos - elas permitem, entre outras coisas, que o personagem evolua e compre itens.

    O problema é que, ao ser derrotado, o jogador perde todas as almas. Elas ainda podem ser recuperadas, mas para isso é necessário voltar ao lugar da primeira morte e coletá-las no chão. Há o risco, porém, de morrer novamente antes de pegar essas almas de volta, o que faz com que elas sejam perdidas permanentemente.

    Situação similar também envolve o estado do personagem: vivo ou morto. Enquanto se está vivo, há a possibilidade de invocar espíritos e outros jogadores para auxiliar no decorrer das fases, porém há o risco de ter seu jogo invadido por espíritos hostis. Uma vez morto, a energia é menor e também não é possível convocar aliados, mas a sua sessão de jogo não pode ser invadida.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Múltiplas personalidades

    Não há um jeito certo para se jogar os games da série "Dark Souls". A classe selecionada no início do game dará os parâmetros iniciais do personagem e algum item específico, porém é possível evoluir suas características da forma que o jogador desejar.

    O caminho a ser seguido, porém, muda completamente a abordagem durante o jogo. É possível, por exemplo, reforçar atributos relacionados à magia e atacar inimigos de uma distância segura. Ou focar a evolução em características como força e resistência e partir para o combate corpo-a-corpo. Essas possibilidades permitem que o game agrade uma gama variada de estilos de jogadores e é um dos seus pontos positivos.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    O poder é de vocês

    Famosa pela alta dificuldade pelos padrões atuais, a série "Dark Souls" retoma uma característica de jogos mais antigos: a progressão depende muito mais da habilidade do jogador do que da força de seu personagem. Obviamente, controlar um personagem equipado com itens melhores é um ponto que ajuda, mas passa longe de determinar o progresso ou não pela aventura.

    Essa característica faz com que seja muito mais satisfatório superar desafios no jogo. Matou um monstro gigantesco? Parabéns, o mérito é muito mais seu do que da espada que você utilizou para tal feito. Não é raro o jogador "esquecer" de evoluir seu personagem por conseguir avançar mesmo com o poder atual, o que acaba deixando um pouco de lado a necessidade de ficar repetindo passagens do jogo apenas para ganhar níveis.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    A jornada é longa

    Os games da série "Dark Souls" não costumam ser curtos. O tamanho dos cenários, as comuns idas e vindas, a alta dificuldade e a ausência de checkpoints automáticos - ou seja, se o jogador morrer, retorna para a última fogueira pela qual ele passou - ajudam a alongar a aventura.

    Em uma primeira jogada, não é comum que os jogadores levem cerca de 40 horas pra terminar o game. Uma vez terminado, é possível refazer a aventura em dificuldade elevada. Trata-se, portanto, de um game longevo. E se você não jogou os outros "Dark Souls", não se preocupe: história nunca foi o grande foco da série e saber ou não o que ocorreu nos outros jogos não é determinante pra a compreensão deste game.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Muita calma nessa hora

    Caso os tópicos acima tenham interessado e o jogador decida encarar "Dark Souls III", a recomendação é ter muita paciência. Por mais que existam rumores sobre o game ser mais fácil do que seus antecessores, é improvável que isso signifique um passeio no parque. "Dark Souls III" deverá ser um game que continua não perdoando erros, capaz de frustrar jogadores e fazer controles serem arremessados na parede.

    A melhor maneira de se divertir com os jogos da série é jogar sem pressa e com cautela - atitudes como entrar em desespero, sair correndo pelo cenário com apenas uma porção de energia podem acabar como a foto acima -, aprendendo os padrões de ataques dos inimigos e formulando estratégias para enfrentá-los. A partir daí - e como dito anteriormente -, o sucesso ou o fracasso depende, exclusivamente, da capacidade de cada um.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos

Topo