Topo

Jogos

PlayStation

Veja 5 motivos para você jogar "Assassin's Creed Syndicate"

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

23/10/2015 17h26

Vem chegando o verão e com ele um novo "Assassin's Creed" chega aos consoles, trazendo muito parkour, assassinatos furtivos (ou não) e torres para escalar em alguma metrópole dominada pelos infames Templários.

Em 2015, é a vez de "Syndicate", aventura que leva os assassinos para as ruas de Londres em plena Revolução Industrial. O game traz tudo o que os fãs gostam na série (Quase tudo: Não há navios piratas no rio Tâmisa, que está sempre congestionado com outros barcos mais sem graça) e também apresenta novidades muito bem- vindas para a série em sua segunda investida nos consoles atuais.

Combinando elementos que fizeram a fama da série no passado e uma boa dose de novidades, "Syndicate" é o melhor "Assassin's Creed" dos últimos anos. UOL Jogos lista abaixo cinco motivos pelos quais você deve jogar o game. Confira!

5 MOTIVOS PAR JOGAR "ASSASSIN'S CREED SYNDICATE"

  • Divulgação

    1. Londres

    A recriação da Londres Vitoriana em "Syndicate" é fantástica. A cidade possui áreas bem diversas, indo desde periferias quase medievais até os enormes edifícios das áreas industriais e, claro, os marcantes castelos e catedrais da região mais nobre, onde ficam pontos turísticos como o Big Ben e a catedral de Westminster - e tudo é escalável pelo jogador, é claro.

  • Divulgação

    2. Protagonistas

    Desde Ezio Auditore que a série "Assassin's Creed" não tinha protagonistas tão bons. Jacob e Evie são carismáticos e adoráveis, cada um do seu jeito. Jacob é um cara durão e sempre pronto para entrar em ação sem pensar nas consequências. Evie é mais intelectual e prefere explorar os mistérios do Éden enquanto o irmão lidera a gangue Rooks pelas ruelas de Londres.

  • Divulgação

    3. Missões divertidas!

    As missões de "Assassin's Creed Syndicate" não seguem a repetição rígida tão comum aos jogos anteriores. As fases da campanha principal se dividem em etapas e a situação muda rapidamente durante a partida: você vai perseguir inimigos pelo esgoto, invadir fábricas sorrateiramente e de repente estará trocando tiros e socos pelas ruas a bordo de uma carroça ou sobre os vagões de um trem em movimento. E, ao seguir de um ponto para outro da cidade, vai se deparar com missões secundárias que surgem de forma orgânica, oferecendo tarefas rápidas como eliminar um alvo ou libertar colegas de gangue ou criancinhas aprisionadas por industriais impiedosos. Sempre há algo para fazer em "Syndicate".

  • Divulgação

    4. Personagens históricos

    Uma das marcas registradas de "Assassin's Creed", o envolvimento de figuras históricas reais na trama rende algumas das missões mais empolgantes de "Syndicate". O naturalista Charles Darwin (autor de "A Evolução das Espécies") acompanha Jacob no desbaratamento de uma rede de traficantes em missões dignas de "GTA" ou "Breaking Bad", Graham Bell (inventor do telefone) é o cientista que auxilia os assassinos com suas engenhocas e o escritor Charles Dickens guia você na exploração de casarões assombrados.

  • Divulgação

    5. Arpão!

    O arpão é uma das novas ferramentas que os assassinos ganham em "Syndicate" e é responsável por mudanças significativas na movimentação e na exploração do cenário. Com ele, você se pendura e alcança rapidamente grandes alturas, atravessa grandes áreas abertas usando a corda dele como tirolesa e, combinado com o parkour tradicional da série, permite uma liberdade de movimento muito maior - com isso você fica mais a vontade para explorar cada recanto de Londres em busca de colecionáveis e missões paralelas. Vai ser difícil imaginar um "Assassin's Creed" sem arpões nos próximos anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor