Topo

Jogos

Nintendo

Destaque dos Game Awards 2018, "Celeste" tem sangue brasileiro

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do Gamehall

07/12/2018 19h39

"God of War" e "Red Dead Redemption 2" fizeram a festa e ganharam a maioria dos principais prêmios do Game Awards, também conhecido como o "Oscar dos Games" e que foi realizado na noite desta última quinta-feira (6), em Los Angeles, Estados Unidos - o evento contou com transmissão especial do UOL Jogos.

Mas em meio aos blockbusters da indústria dos games, um título indie se destacou e conquistou corações: "Celeste", que venceu em duas das quatro categorias em que foi indicado: Melhor Jogo Independente e Melhor Jogo com Impacto Social. Uma das "derrotas", por sua vez, nem deve ser chamada desse jeito, afinal o game de um estúdio independente duelou pelo principal troféu da noite, o de Jogo do Ano.

"Celeste" acabou como uma das agradáveis surpresas da madrugada do Game Awards, especialmente por ter o envolvimento dos brasileiros do estúdio MiniBoss: os artistas Amora Bettany e Pedro Medeiros, além da gerente de operações Heidy Motta.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Escalando a Montanha

Seguindo o estilo de plataforma 2D, o game foi lançado em janeiro de 2018 para PC, Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One. O jogo é uma produção do estúdio Matt Makes, liderado pelo canadense Matt Thorson, o mesmo responsável pelo ótimo "Towerfall", em colaboração com o Miniboss.

Celeste não é o nome da protagonista do jogo, e sim de uma enorme e misteriosa montanha situada no Canadá a ser escalada pela protagonista Madeline. A aventura traz uma narrativa encantadora e poética, que cativa e prende a atenção do jogador.

Junte a isso cenários e visuais super charmosos feitos de pixel art, uma trilha sonora pegajosa e uma jogabilidade dinâmica cheia de desafios que exige reflexos rápidos, que já começamos a entender como o jogo se tornou uma das maiores surpresas de 2018.

Quem são os brasileiros que trabalharam em Celeste?

Reprodução
Amora, Heidy e Pedro do estúdio indie Miniboss Imagem: Reprodução

O estúdio Miniboss é situado em São Paulo e seus três integrantes ajudaram no desenvolvimento de "Celeste". Conheça-os melhor abaixo:

  • Amora Bettany: artista 2D, ela fez o design artístico de personagens, artes conceituais e promocionais para "Celeste", além de também dar uma ajudinha no roteiro e na localização para o português. Antes de fazer jogos indie, trabalhou em vários estúdios de animação 2D.
  • Pedro Medeiros: Ele trabalhou com publicidade antes de começar a desenvolver jogos independentes em 2010. Sua especialidade é a arte 2D, mas ele também faz design e programação de jogos. Ele fez o pixel art para "Celeste".
  • Heidy Motta: Ela trabalha como gerente de operações da MiniBoss, lidando com as finanças, mídia social e relações públicas, fazendo também as relações públicas e mídias sociais de "Celeste".

Outros Jogos do MiniBoss

Além de "Celeste", o estúdio Miniboss também é bastante lembrado por dois outros títulos: "Out There Somewhere" e "TowerFall".

O primeiro foi lançado em 2012, misturando elementos de jogos de plataforma 2D e quebra-cabeças com visuais de 8/16 bits. A inspiração veio de títulos como "Cave Story", "Super Metroid" e "Portal".

O jogador assume o comando de um explorador espacial chamado Yuri que ficou preso em um perigoso planeta alienígena. Com pouco combustível, a sua única chance de escapar é encontrar o núcleo do planeta usando o raciocínio para superar os obstáculos. Ele está disponível no Steam por apenas R$ 2,29.

Divulgação
Out There Somewhere Imagem: Divulgação

Já "TowerFall" é um jogo criado por Matt Thorson, o mesmo de "Celeste", em parceria com a Miniboss e foi lançado originalmente no Ouya, console de código aberto com Android como sistema operacional lançado em 2013. Mais tarde o jogo foi relançado para PlayStation 4, Xbox One e PC e Nintendo Switch - este o último a receber o game, neste ano.

"Towerfall" também tem uma estética 8/16 bits 2D e se destaca pelo modo multiplayer para até quatro jogadores em campanhas cooperativas ou um contra o outro.

Em 2017, a Pedro e Amora visitaram o UOL Jogos e falaram da produção de "Celeste" (na época em desenvolvimento), "Towerfall" e os outros trabalhos anteriores. Você pode assistir ao papo no vídeo do nosso canal no YouTube.

Siga o UOL Jogos no

O estúdio brasileiro ainda trabalhou em vários outros jogos indies como "Turma da Mônica em O Mundo Perdido" para o canal Cartoon Network Brasil - veja a lista completa dos jogos no blog oficial do estúdio.

Divulgação
TowerFall Ascension Imagem: Divulgação

A Montanha te espera!

Agora que você ficou conhecendo melhor essa galera e o game "Celeste", aproveite para jogá-lo (caso já não o tenha feito) e ter uma experiência inesquecível.

Os preços atuais de "Celeste" em cada plataforma são: R$ 29,59 (PC/Steam), R$ 43,05 (PS4), R$ 39 (Xbox One), US$ 15,99 (Switch/eShop EUA).

Siga o UOL Jogos no