Topo

Jogos

Nintendo

Microsoft já pagou R$ 24 milhões a criadores de conteúdo de "Minecraft"

Divulgação
Minecraft Imagem: Divulgação

Do GameHall

25/04/2018 08h42

Muita coisa mudou desde que "Minecraft" chegou ao Xbox 360 em 2012, com várias atualizações que o deixaram mais parecido com a versão para PC. Além disso, a compra da desenvolvedora Mojang pela Microsoft permitiu que a empresa pudesse pagar aos criadores de conteúdo da comunidade do jogo por meio do "Mercado Minecraft".

Um porta-voz da Microsoft contou para a página "Fast Company" que US$ 7 milhões (mais de R$ 24 milhões) foram pagos para 45 criadores de conteúdo de "Minecraft" por meio desse mercado desde junho do ano passado. Adicionalmente, o conteúdo disponível lá já foi baixado mais de 25 milhões de vezes.

LEIA TAMBÉM

Embora o lucro com a venda seja dividido entre a Microsoft e o criador, a empresa garante que o criador fica com a maior parte do dinheiro, após serem cobradas as taxas de processamento que representam aproximadamente 30% do valor.

Usando o "Mercado Minecraft", os jogadores podem vender conteúdos dos mais diversos, indo de novos trajes para seus avatares como até mesmo mundos completos de "Minecraft". Todo este material pode ser comprado com moedas virtuais obtidas com dinheiro de verdade por meio de uma conta Xbox Live.

Para dar um impulso adicional nesse programa, que já é um sucesso, a chefe responsável pelo game, Helen Chiang, disse que a Microsoft está verificando agora uma maneira que permita aos criadores venderem tipos de conteúdo atualmente disponíveis somente na versão do jogo para PC.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor