PlayStation

As 8 empresas de games mais ricas do mundo

Reprodução
Imagem: Reprodução

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

29/04/2017 16h09

A indústria dos games movimentou US$ 99,6 bilhões em 2016, de acordo com a firma de pesquisa de mercado Newzoo. Hoje em dia, lançamentos de jogos como "Grand Theft Auto V" e "Call of Duty" já batem de frente com as maiores franquias do cinema em termos de rendimento.

Ser uma das maiores produtoras de games já significa ser uma das maiores empresas do mundo do entretenimento.

Com base em números de valor de mercado referentes a 2016, listamos aqui as 8 maiores empresas da indústria de games. Confira:

  • Imagem: Divulgação/Rockstar Games
    Divulgação/Rockstar Games
    Imagem: Divulgação/Rockstar Games

    Take-Two Interactive (US$ 2,59 bilhões)

    A enorme corporação por trás das produtoras Rockstar Games e 2K Games tem nome: Take-Two Interactive. Além de "Grand Theft Auto" e "Red Dead Redemption", a empresa conta com a força de títulos esportivos como "MLB 2K" e "NBA 2K" e de outras franquias da 2K, como "BioShock", "Borderlands" e "Civilization".

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Electronic Arts (US$ 7 bilhões)

    Antes uma das mais prolíficas produtoras de games da indústria, a Electronic Arts hoje investe apenas em franquias que são apostas certas. Mas seu catálogo é poderoso: além de "Battlefield", "FIFA", "Need for Speed" e "Plants Vs. Zombies", a empresa também cria os jogos de "Star Wars".

  • Imagem: Divulgação/Nintendo
    Divulgação/Nintendo
    Imagem: Divulgação/Nintendo

    Nintendo (US$ 11,63 bilhões)

    O Wii U foi um fracasso de vendas, mas a Nintendo continua sendo uma das empresas mais financeiramente saudáveis da indústria por conta de sua reserva de capital. O recém-lançado Switch já está quebrando recordes de vendas, e a empresa ainda pode apoiar-se nas mais populares e importantes marcas dos games, como "Mario" e "Pokémon".

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Activision Blizzard (US$ 15,25 bilhões)

    Separadas, Activision e Blizzard já teriam força suficiente para entrarem nesta lista. Juntas, então, elas contam com as forças de titãs da indústria dos games como "World of Warcraft" e "Call of Duty" para gerar receita ano após ano, e ainda investem em franquias novas, como "Destiny" e "Overwatch".

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Tencent (US$ 57,3 bilhões)

    Você pode não conhecer a Tencent, mas a gigante chinesa é uma das maiores empresas da indústria. Apesar de ser envolvida em uma dúzia de ramos diferentes, a Tencent tira grande parte de sua receita anual de subsidiárias como a Riot Games (de "League of Legends") e a Supercell (de "Clash of Clans" e "Clash Royale"). Ela também controla a maior parte dos jogos que fazem sucesso na China - um mercado em crescimento explosivo, que gasta bilhões anualmente em títulos 'free-to-play' como "CrossFire" e "Dungeon Fighter Online".

  • Imagem: Yuya Shino/Reuters
    Yuya Shino/Reuters
    Imagem: Yuya Shino/Reuters

    Sony (US$ 149,49 bilhões)

    A Sony tentou parcerias com Nintendo e Sega antes de entrar por conta própria na indústria dos games nos anos 1990. Desde então, seus consoles tornaram-se algumas das mais populares plataformas da história - tais quais algumas de suas franquias de games, como "God of War" e "Gran Turismo". Além de games, a multinacional ainda está em outros ramos como TVs, telecomunicação, filmes, serviços financeiros e música.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Microsoft (US$ 193,69 bilhões)

    A Microsoft poupa apresentações. Seja através de sistemas operacionais como o Windows ou de suas soluções para armazenamento em nuvem, a gigante americana faz parte da vida de praticamente todo mundo que usa um computador ou smartphone em seu dia-a-dia. Ainda que a marca Xbox represente apenas uma pequena parte de todo o capital da multinacional, trata-se de uma das divisões da Microsoft que mais cresceu na última década.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Apple (US$ 321,68 bilhões)

    Queiram ou não os fãs de consoles tradicionais, a dona da mais popular plataforma de games da atualidade é a Apple. Há tantos iPhones e iPads pelo mundo que até mesmo Sony, Nintendo e Microsoft já lançam seus próprios games para o formato. É claro que existe ainda o sistema operacional Android, do Google - mas a Apple entra para esta lista por envolver-se diretamente com a produção de games para seus aparelhos, como foi com "Infinity Blade" e "Vainglory".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo