Topo

Jogos

PlayStation

"Spider-Man" tinha missões dedicadas a vilões que acabaram cortadas do jogo

Divulgação
Spider-Man Imagem: Divulgação

Do GameHall

15/10/2018 18h10

O diretor criativo da Insomniac Games, Bryan Intihar, revelou que "Spider-Man" teria mais missões com os vilões principais do game, mas foram removidas por não terem a qualidade necessária e também para dar ao jogador uma melhor experiência.

Caso ainda não tenha terminado "Spider-Man", sugiro que pare de ler agora mesmo para evitar spoilers massivos da história.

VEJA TAMBÉM

O Sexteto Sinistro acaba se revelando como uma parte importantíssima do ato três do jogo, com o Homem-Aranha tendo que viajar por Nova York de modo a confrontar cada um deles para que a situação da cidade volte ao normal. No jogo, isso resulta em várias lutas com chefes, duas das quais inclusive coloca dois dos membros do sexteto lutando ao mesmo tempo contra o herói aracnídeo, com a primeira dupla sendo Electro e Abutre, e a outra, Rhino e Escorpião.

Alguns jogadores se queixaram da falta de foco nestes quatro vilões, em comparação com os outros membros do Sexteto Sinistro, e agora sabemos que a Insomniac tinha planos de incluir mais missões dedicadas a eles, mas desistiu disso por falta de tempo e também porque achou que elas não atendiam ao padrão de qualidade do estúdio.

"Originalmente tínhamos mais missões com Rhino, Abutre, Electro que estavam fora do que você viu no jogo final," disse Intihar à "Game Informer" durante uma entrevista. "Mas o que aconteceu foi que nós estávamos meio que ficando sem tempo e sentimos que estava tudo muito inchado no final. Não atingiu o padrão de qualidade. No fim das contas nós queríamos dizer que o mais importante é a qualidade. Sejam 20 horas, 22 horas, não importa, mas sim fazermos uma experiência de qualidade."

"Spider-Man" foi lançado totalmente em português brasileiro com exclusividade para PS4.

Siga o UOL Jogos no