Pokemon

Veja 10 coisas sobre o Pikachu que talvez você não saiba

Reprodução
Imagem: Reprodução

Claudio Prandoni

Do UOL, em São Paulo

21/07/2017 04h00

Apesar de apresentar centenas e centenas de monstrinhos diferentes ao longo de mais de 20 anos, a série "Pokémon" tem um mascote oficial que brilha acima dos outros: o ratinho amarelo Pikachu.

Presente desde a primeira geração de criaturas, o Pokémon elétrico é sinônimo da série em qualquer canto do mundo e reconhecido por muitas pessoas - até quem não joga ou acompanha o anime.

Ainda assim, mesmo com toda essa fama, há uma série de informações curiosas e divertidas sobre o monstrinho que você não saiba. Separamos a seguir algumas das mais legais em nossa opinião:

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Clefairy era o mascote original

    A princípio, os produtores de "Pokémon" planejaram apresentar Clefairy como o mascote da série (tanto que o fofo bichinho rosa estrela uma longa série de mangás no Japão). No entanto, mudanças de última hora no anime colocaram o ratinho elétrico em evidência e ele acabou roubando para si os holofotes no mundo todo - uma alteração contra a qual é difícil ir contra, não é?

  • Comece com ele em Pokémon Go

    Ao jogar "Pokémon Go" pela primeira vez, é possível fazer um macete para escolher o monstrinho elétrico como seu primeiro Pokémon. O esquema exige um tanto de paciência e disposição: quando aparecer o trio inicial com Bulbasaur, Charmander e Squirtle no mapa, basta caminhar para longe deles. O trio vai sumir e reaparecer perto de você. Repita o processo mais duas vezes e na quarta 'oferta' de monstrinhos o Pikachu vai estar presente também.

  • Imagem: Arte/UOL Jogos
    Arte/UOL Jogos
    Imagem: Arte/UOL Jogos

    A dona da voz

    Desde o início do anime de "Pokémon" no Japão, em 1997, a voz do Pikachu é feita pela mesma dubladora, chamada Ikue Otani. Como ele não fala nenhum idioma especificamente, apenas repete o próprio nome em um dialeto pokémon, a voz de Otaina é a que ouvimos no anime aqui no Brasil também.

  • Imagem: Arte/UOL Jogos
    Arte/UOL Jogos
    Imagem: Arte/UOL Jogos

    Ele sabe voar e surfar!

    O ratinho elétrico também tem um lado radical: Pikachu pode aprender a voar (!?) e até surfar - incluindo as respectivas habilidades em alguns dos games da série. Para voar pelo ares, Pikachu usa um monte de balões. Já o lado surfista ficou tão atrelado a ele que em "Pokémon Sun" e "Moon" é possível encontrar uma versão surfista do Raichu, a evolução do Pikachu.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Ele recupera eletricidade quando dorme

    Hora da aulinha de biologia: a eletricidade de um Pikachu fica armazenada nas bolinhas vermelhas nas bochechas da criatura, que funcionam como 'bolsos elétricos'. Ele recupera a energia elétrica quando dorme (função que seria muito útil para os smartphones atuais, diga-se de passagem).

  • Imagem: Kotaku
    Kotaku
    Imagem: Kotaku

    Apaixonado por Ketchup

    Sem um motivo lá muito lógico ou evidente, o Pikachu de Ash no anime é APAIXONADO por ketchup. São poucas as ocasiões em que o bichinho aparece degustando a iguaria, mas o amor é real oficial. Por conta disso, a marca Heinz chegou até a lançar em 2000 alguns frascos de ketchup com alguns Pokémon estampados nas embalagens.

  • Imagem: Arte/UOL Jogos
    Arte/UOL Jogos
    Imagem: Arte/UOL Jogos

    Ele aparece na cartinha mais cara do TCG

    Um serelepe Pikachu desenhista é a arte da cartinha mais cara do card game de Pokémon. Em novembro de 2016 uma cópia da carta rara, distribuída apenas como brinde promocional para os ganhadores de um concurso de desenho da revista japonesa CoroCoro, foi leiloada por 54 mil dólares nos Estados Unidos. Estima-se que existam entre 20 e 39 dessas cartinhas no mundo todo!

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Origem do nome

    Além de simpático, o nome do Pikachu é uma combinação esperta de dois elementos que definem bem o monstrinho. Em japonês, 'Pika' é uma onomatopeia que simboliza eletricidade, enquanto 'chu' significa o barulho feito por ratos. Ou seja, o nome do Pikachu é, literalmente, rato elétrico.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Pikachus fêmeas têm caudas diferentes

    Nos primeiros games da série não havia uma diferenciação clara dentre espécimes machos e fêmeas de Pokémon (com algumas raras exceções, como os Nidoran). Isso mudou a partir dos episódios "Gold" e "Silver" e isso se refletiu também no mascote da série: as Pikachus fêmeas possuem uma cauda com formato diferente, com uma ponta redondinha que chega a lembrar a forma de um coração.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Homenagem inusitada

    Em alguns dos mangás oficiais de Pokémon, o Pikachu de Ash se chama Jean Luc Pikachu, uma referência clara ao capitão Jean-Luc Picard, da nave Enterprise no seriado "Jornada nas Estrelas: A Nova Geração", interpretado por Patrick Stewart. No quadrinho em que o nome é apresentado, Pikachu até aparece com um broche idêntico ao utilizado por Picard, com o logo da Federação dos Planetas Unidos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo