Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Victor Ferreira

Do UOL, em São Paulo

 

  • "Metal Gear Solid V" promete ser o maior e mais expansivo jogo da série até agora

Quando for lançado em setembro, é provável que "Metal Gear Solid V: The Phantom Pain" traga o fim de uma era, tanto dentro quanto fora do universo do jogo.

Internamente, o game tem como principal meta fechar o ciclo entre o passado e o presente da série, terminando a transformação de Big Boss da figura heróica vista em "Metal Gear Solid 3: Snake Eater" no perigoso vilão de "Metal Gear" e "Metal Gear 2: Solid Snake".

Já olhando de fora, "The Phantom Pain" pode ser o último jogo da série com envolvimento direto do designer Hideo Kojima, que elaborou e desenvolveu estes títulos desde os anos 80. Kojima já havia deixado claro que este seria seu último "Metal Gear" - embora tenha dito algo similar em várias ocasiões desde "MGS 2" -, mas rumores de desentendimentos entre ele e a publisher Konami praticamente garantem que isso aconteça.

De qualquer forma, "The Phantom Pain" promete concluir a saga de Big Boss de forma explosiva, trazendo e expandindo os conceitos e mecânicas apresentadas em "Ground Zeroes", agora em ambientes maiores e com mais opções de infiltração.

  • "MGS V: The Phantom Pain" terminará a saga de Big Boss com um tom bem mais sombrio

Cães de guerra

"The Phantom Pain" acontece em 1984, 9 anos após os eventos de "Ground Zeroes". Durante este período, Big Boss passou por um coma profundo e sua antiga organização, Militaires Sans Frontières, assim como seu antigo QG, conhecido como Mother Base, foram destruídos por uma misteriosa facção, conhecida apenas como XOF.

O acidente que levou ao coma causou outros grandes danos no corpo do herói, incluindo a perda de seu braço esquerdo, que será eventualmente substituído por uma prótese biônica no decorrer do game.

Após acordar (quase sendo assassinado pouco depois), o lendário soldado adota o codinome Venom Snake e forma outra organização de mercenários, Diamond Dogs (referência ao álbum de David Bowie), partindo em busca do grupo que quase o matou e seu misterioso líder, conhecido apenas como Skull Face.

Em sua busca de vingança, Snake encontra uma série de aliados, desde figuras de seu passado, como Revolver Ocelot - agora um aliado - e Kazuhira Miller, até novas faces, como a misteriosa Quiet, uma franco-atiradora muda capaz de ficar completamente invisível.

De acordo com Kojima, desta vez o herói do jogo será bem mais calado do que em títulos anteriores. "Eu fiz um esforço consciente desta vez para trazer Snake mais próximo da perspectiva do jogador", disse ao site IGN. "Sempre que possível,Snake agirá de acordo com o jogador ao invés de fazer comentários espontâneos ou paquerar mulheres". O designer comparou o estilo de Snake ao do protagonista da série "Mad Max".

O jogo traz um tom significativamente mais sombrio do que seus predecessores, mostrando alguns dos elementos mais sórdidos da guerra moderna, como exércitos infantis. Ainda assim, "The Phantom Pain" traz alguns dos elementos mais excêntricos de "Metal Gear Solid", desde caixas de papelão com disfarces femininos até DD, um lobo adotado por Big Boss que serve como companheiro de batalha - e, tal qual seu mestre, usa um tapa-olho.

  • Durante as missões, Snake poderá receber apoio de vários aliados, como o lobo DD

Pontos de infiltração

"Phantom Pain" pretende manter e expandir a jogabilidade apresentada em "Ground Zeroes". Ao contrário de outros jogos da série, com ambientes mais segmentados, "Metal Gear Solid V" traz uma série de mapas abertos, que podem ser explorados livremente pelo jogador.

Graças ao motor gráfico FOX Engine, desenvolvido pela própria Kojima Productions, estas áreas trazem uma série de propriedades diferentes, desde ciclos de dia e noite até eventos naturais inesperados, como chuvas e tempestades de areia.

A vida selvagem também pode ser usada a favor ou contra você, como uma evolução do que fãs da série encontraram há mais de 10 anos atrás em "Snake Eater".

Todos estes elementos poderão ser utilizados para completar o objetivo da melhor forma que o jogador julgar correto. É possível, por exemplo, esperar até a noite para infiltrar uma base, acelerando o tempo com um cigarro eletrônico de Snake. A visibilidade dos inimigos durante uma tempestade de areia também é significativamente reduzida.

"Cada ambiente tem suas próprias missões, e permite um certo tipo de jogabilidade", explicou Kojima ao site Gamespot. "Fica a cargo do jogador criar estratégias que funcionam melhor em cada situação baseada em fatores ambientais e a missão em questão".

Como em "Peace Walker", Snake terá um QG (a chamada Mother Base) para expandir sua organização de mercenários. O sistema Fulton de recuperação está de volta, sendo agora possível levar não apenas soldados - forma mais rápida de aumentar seu exército - como animais e veículos para sua base.

Ao contrário de "Peace Walker", será possível customizar e caminhar pela nova Mother Base, podendo escolher diferentes cores e layouts para a estrutura. O QG também tem novos locais a se explorar - incluindo um zoológico que guarda todos os animais levados pelo Fulton.

A Mother Base também continua a ter um setor de pesquisa e desenvolvimento, em que o jogador pode criar ou melhorar certas armas e equipamentos. É possível, por exemplo, montar diferentes braços biônicos para Snake, cada um com habilidades únicas.

O QG também serve de casa para suas tropas, sendo possível se relacionar com seus aliados, o que pode trazer benefícios durante as missões. Ao criar uma amizade com Quiet, será possível chamá-la como suporte, cobrindo a posição de Snake com seu rifle de precisão.
Caso se importe com as vidas de seus soldados, porém, é importante não deixá-los para trás.

"Eles morrem, e ficam mortos", esclareceu o designer. "A história segue sem eles".

 

ASSISTA AO TRAILER DO NOVO "METAL GEAR ONLINE"

  •  

Metal Gear Online

Mesmo com a recepção mista de seus predecessores, a Konami e a Kojima Productions trarão uma nova versão do modo multiplayer "Metal Gear Online", que será lançado em conjunto com "The Phantom Pain".

Por enquanto, a Konami não revelou muito dos tipos de jogo e mapas que estarão disponíveis na versão final, mas a publisher já revelou um modo de infiltração em equipe, em que um grupo de até 8 pessoas deve defender sua base de jogadores invasores.

Os personagens são totalmente customizáveis - sendo possível escolher personagens relevantes da série, como Big Boss e Ocelot -, e uma série de armamento letal e não-letal, incluindo um canhão de balões Fulton e distrações como um cãozinho de pelúcia.

Também será possível criar jogos personalizados, fazendo partidas de 1v1 até 8v8. E sim, os desenvolvedores planejam trazer uma mecânica de selfies no multiplayer, como mostrado em seu trailer.

Além do multiplayer competitivo, Kojima indicou que será possível compartilhar e visitar Mother Bases de amigos. Não bastasse isso, jogadores também podem invadir bases de outras pessoas e roubarem itens relevantes para seu próprio QG.

 

  • Tudo indica que "The Phantom Pain" será o último jogo com envolvimento de Hideo Kojima

É o fim?

"Eu sempre digo 'Este vai ser meu último 'Metal Gear'", disse Kojima em entrevista com o IGN. "Mas os jogos da série que desenvolvi e produzi pessoalmente - 'Metal Gear' de MSX, 'MG2', 'MGS 1', '2', '3', '4', 'Peace Walker' e agora 'MGS V' - são o que constituem a 'Saga Metal Gear'. Com 'MGS V', estou finalmente fechando o ciclo desta saga".

Kojima tem indicado que gostaria de deixar a franquia em outras mãos desde "Metal Gear Solid 2", mas por vários motivos seguiu em frente com estes projetos, se tornando uma das figuras mais populares para entusiastas dos games.

Agora que rumores e fontes indicam que ele e outras figuras-chave da Kojima Productions devem deixar a Konami após o fim da produção de "The Phantom Pain", o futuro da série agora fica no ar, mesmo com a publisher já indicando que já trabalha em um novo game.
Seja como for, a Konami terá de lutar muito para desprovar para os fãs a declaração de Kojima: "Mesmo que a franquia 'Metal Gear' continue, este será o último 'Metal Gear'".

"Metal Gear Solid V: The Phantom Pain" será lançado em 1º de setembro para PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One. A versão de PC sairá pouco depois, no dia 15.

UOL Cursos Online

Todos os cursos