UOL JogosUOL Jogos
UOL BUSCA

TGS 2008

11/10/2008 - 17h27

Direto da TGS: "Castlevania" muda radicalmente no Wii

AKIRA SUZUKI
Colaboração para o UOL
"Castlevania" é uma tradicional série da Konami que parece carregar uma "maldição": toda vez que a companhia tenta fugir do gênero que o tornou a franquia um clássico, de ação e plataforma com visão lateral, a fórmula de sucesso parece desandar. Aconteceu na transição do game do 2D para o 3D, iniciada com o Nintendo 64 e tendo a mais recente incursão na era do Xbox e PlayStation 2. Agora, é o Wii que parece estar sofrendo desse mal.

"Castlevania Judgment" muda radicalmente o estilo dos anteriores, colocando os célebres personagens da franquia numa arena para trocarem chicotadas, golpes de espada e diversos tipos de magias. Enfim, é um jogo de luta um contra um, cuja referência mais próxima é, guardadas as devidas proporções, "Soulcalibur".

No entanto, "Judgment" é menos engajado nos combates que o jogo da Namco. Primeiro por possuir uma gama de golpes infinitamente menor: em "Castlevania Judgment", cada personagem tem alguns poucos movimentos de ataques e seqüências. E, em segundo lugar, é possível se mexer livremente pelo mapa, ainda contando com métodos de esquiva rápida - faz-se isso chacoalhando o Nunchuk. Assim, parece mais eficiente ficar se deslocando pelo cenário esperando o oponente cometer um erro e agir à base de contra-ataques.

Os lutadores desferem sua seqüência quando o jogador chacoalha o Wii Remote. Fazendo isso pressionando o botão B solta-se um ataque mais poderoso, mas lento, sem possibilidade de fazer "combos". O botão A solta as "sub-weapons", armas secundárias, geralmente projéteis - Simon Belmont, por exemplo, usa a faca -, que servem mais para tentar frear o oponente do que efetivamente causar-lhes danos diretos. Como de praxe, também há os ataques especiais, capazes de causar grandes estragos, mas só podem ser ativados quando uma barra secundária fica totalmente preenchida. Esses golpes têm tratamento diferenciado, com direito a cenas "cinematográficas".

No fim das contas, baseando-se nas impressões da demonstração, "Castlevania Judgment" parece oferecer pouca profundidade nas lutas. É um game agitado, principalmente para o jogador, pois tem que ficar mexendo os controles freneticamente - como dito, tanto os golpes como as esquivas são feitos chacoalhando os joysticks -, mas isso se traduz mais em cansaço do que em diversão. Em termos visuais, o design de Takeshi Obata (de "Death Note") descaracteriza os célebres personagens da franquia, propondo uma visão inimaginável de lutadores como Simon Belmont e Alucard.

Compartilhe:

    Receba Notícias

    JOGOS ONLINE

    Shopping UOL

    UOL Jogos no TwitterMais twitters do UOL
    Foots - Jogo social online para Orkut
    Hospedagem: UOL Host