Com goleada, mineiro de 17 anos vence Copa brasileira de FIFA

André Forte

do Gamehall

15/04/2013 11h00

O mineiro Guilherme Gonzaga, de 17 anos, é o campeão da etapa brasileira do "FIFA Interactive World Cup 2013", que foi realizada nesse sábado (13) em São Paulo. Com uma campanha empolgante, Gonzaga, que já havia faturado a regional mineira, venceu o paulista Pedro Consentino, de 15, em um elástico placar de 5x1.

Com a vitória, Guilherme faturou o prêmio de R$ 10 mil e uma vaga para o 'FIFA Interactive World Cup Grand Final', que acontece em Madrid, na Espanha, entre os dias 4 e 8 de maio. Lá, ele representará as cores brasileiras contra os melhores fifeiros do planeta.

Nas quartas de final, Guilherme venceu ninguém menos que o paulistano Gustavo Nascimento, que lutava pelo tricampeonato consecutivo. O sonho do tri acabou após derrota nos pênaltis por 4x2.

"Quando fiquei sabendo que iria enfrentá-lo, pensei 'vou vencê-lo, ele não é de ferro'", apostou Gonzaga. De fato, Guilherme surpreendeu Gustavo, que admitiu que a falta de informações sobre o adversário pesou. "Prefiro jogar com quem conheço, mas isso não é sempre possível. E o fato de ser bicampeão ainda aumenta a pressão, todos querem me vencer", lamentou.

SAI QUE É SUA, BRUNINHO!

Revelação do torneio, o menino Bruno Caliman, de apenas 10 anos, perdeu nas oitavas de final para o bi-campeão latino-americano Gustavo Nascimento por 1x0. Porém, uma defesa em cobrança de pênalti no ângulo direito levantou a torcida. "Fiquei me movimentando no lado da trave para chamá-lo para bater ali. E deu certo!", comemorou.

Fifeiros unidos

Entra ano, sai ano, e a etapa brasileira de FIFA ganha novas e marcantes figuras. Além de Márcio 'King' Mazzeto - que mais uma vez levou sua inseparável e barulhenta torcida -, e o 'papa-títulos' Gustavo Nascimento, o que se viu em 2013 foi uma renovada geração de fifeiros.

Uma delas é Regiane Perez, de 26 anos, que foi a única garota a participar do evento. "Jogo desde os sete anos games como 'International Super Star Soccer DeLuxe' e 'Winning Eleven'. Estava muito nervosa e por ser a única menina, tinha muita torcida, mas isso me pressionou", explicou.

Ao contrário dela, o pequeno Moisés Soares, de 8 anos, era temido por boa parte dos participantes quando colocava seu Real Madrid em campo. O motivo, segundo seu pai, André, de 35, é seu comportamento frio durante as partidas.

"Ele é gelado. Ninguém quer enfrentá-lo. Ele começou a jogar comigo desde os quatro anos, mas há dois anos que ele evoluiu bastante". Curiosamente, André foi eliminado pelo filho ainda na etapa preliminar.

"Louco", o paranaense de Paranaguá, Alan Lacerda, foi o primeiro a chegar ao torneio. "Saí de casa às 14h30 e cheguei aqui às 0h30 e ainda estavam montando o palco. Ninguém reclamou, mas todo mundo da organização ficou me chamando de louco", brincou.

ESSE CARA É O PORTUGA

Apesar de vencer os prêmios da FIFA nos últimos anos, Lionel Messi ficou de lado no torneio de FIFA. O preferido da galera é o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. Um dos motivos, além de força física e cobrança de faltas, é que seus companheiros de equipe marcam melhor do que o time rival, o Barcelona.

 

Futebol-arte

Dos 192 jogadores inscritos no torneio, cerca de 130 eram cadastrados no grupo de jogadores Arte Virtual, que organiza campeonatos online entre os melhores jogadores do país desde 2007.

"Temos atualmente 800 jogadores ativos e 6.300 inscritos em nosso site. Geralmente, todos os finalistas dos torneios são nossos. Nosso trabalho é convocar todo mundo", disse o criador do grupo, Aley Ferreira.

Segundo Aley, é nos campeonatos do Arte Virtual que boa parte dos melhores jogadores de "FIFA" se encontram. "Além do Gustavo, que é bicampeão latino-americano, temos todos os tipos de jogadores, como o Moisés, de 8 anos. E o nível lá é muito bom, tanto que o menino joga muito bem, ninguém alivia não", garantiu.

A participação do Arte virtual na comunidade de "FIFA" é tanta que o grupo ajuda ativamente nos eventos oficiais da EA. Nesse ano, por exemplo, Aley e seus colegas estavam colaborando na arbitragem, mas também contam com o apoio ativo da produtora em seus torneios menores. "Eles viram com bons olhos todo o nosso empenho", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos

Topo