Topo

Jogos

eSport


INTZ vence rivais turcos e garante Brasil no Mundial de "League of Legends"

Rodrigo Guerra/UOL
Torcedores brasileiros lotaram a Ópera de Arame para acompanhar o IWCQ 2016 Imagem: Rodrigo Guerra/UOL

Rodrigo Guerra

Do UOL, em Curitiba*

04/09/2016 00h31

Em sua terceira tentativa, a INTZ conseguiu quebrar a maldição que a impedia de chegar às grandes disputas internacionais. O time venceu os turcos da Dark Passage neste sábado (3) em Curitiba. Com essa vitória, a equipe será a terceira brasileira a participar do Mundial de "League of Legends".

A edição 2016 do evento acontecerá nos EUA.

Com o resultado de 3 a 2 na série melhor de 5, o time de Gabriel "Revolta" Henud, Micael "micaO" Rodrigues e Luan "Jockster" Cardoso passou por cima de seus adversários mostrando trabalho em equipe digno de um time vencedor.

A primeira partida da INTZ foi densa e muito equilibrada. O time brasileiro saiu em desvantagem em um duelo entre Felipe "yang" Zhao e Kaan "Elwind" Atici. Mas os brasileiros mantiveram a calma e empurraram as tropas para dentro da base turca com rotações e controle de rotas impecáveis.

Já a segunda partida não foi nada bem para os intrépidos. A Dark Passage conseguiu controlar as rotações de Gabriel "Revolta" Henud, não deixando o caçador brasileiro em paz. O time turco tinha uma formação que causava muito dano à distância e a INTZ não teve como retribuir à altura.

A terceira partida foi tensa para os brasileiros, que garantiu a vitória só depois de sofridos 50 minutos. Por um momento, a INTZ se desencontrou e quase entregou o jogo que estava em suas mãos. Mas a tensão desconcentrou a Dark Passage que, com um erro de posicionamento, sofreu muitas baixas. O erro foi fatal e a INTZ voltou ao jogo, acabando com o Nexus inimigo em seguida.

Mais um confronto dramático deu o tom da quarta partida. A Dark Passage conseguiu garantir a campeã Cassiopeia para o jogador da rota do meio Sofyan "Cozq" Rechchad, o que fez com que a INTZ perdesse o ritmo sem impor seu estilo de jogo. Os turcos conseguiram vantagem no começo por conta de uma jogada desastrosa de "Revolta" e "Tockers". O erro virou uma bola de neve, e os brasileiros não encontraram forças para revidar.

A Dark Passage conseguiu vencer o jogo em 40 minutos, levando o campeonato para a derradeira partida. Para a sorte dos torcedores brasileiros presentes na Ópera de Arame, porém, a INTZ conseguiu encaixar seu ritmo na última partida desde o início. Em um único momento de distração, a força de "Yang" foi decisiva para evitar que a Dark Passage obtivesse o Barão e tivesse alguma chance de virar a partida.

Dessa forma, a INTZ garantiu sua vaga para o campeonato que reúne os melhores times de "League of Legends" de todo o mundo, que será disputado entre os dias 29 de setembro e 29 de outubro nos EUA.

* O jornalista viajou a convite da Riot Games.