Com permissão da Sega, fãs brasileiros estão criando game de "Sonic"

Victor Ferreira

Do Gamehall, em São Paulo

É inegável que "Sonic the Hedgehog" seja um dos maiores ícones da indústria dos games.

Em seus mais de 25 anos, o mascote da Sega protagonizou alguns dos maiores games de todos os tempos, e algumas das grandes decepções, mas sempre com uma base de fãs fiel.

2017 promete ser um grande ano para o ouriço azul, com "Sonic Mania" procurando trazer a nostalgia dos jogos do Mega Drive de volta, enquanto o misterioso "Project Sonic 2017" promete um nova experiência 3D.

Mas o futuro também traz um outro projeto de Sonic, de interesse especial para o público de terras tupiniquins: "Sonic Evolution", jogo de fãs criado brasileiros com aval da própria Sega.

Concebido por Ricardo "Raionhardt", que já criou fases e chegou até a recriar a fase 3D de "Sonic Jam" por conta própria, o projeto começou a ganhar contornos mais sérios após o envolvimento do dono da organizadora de eventos e site Epic Play, Jean Felipe, que está trabalhando na história e divulgação do jogo.

"Eu fui mais como aquele tio maluco que chegou e disse: 'Seu filho vai ser grande, venha e vou te ajudar a fazermos isso acontecer'", disse Jean em entrevista com UOL Jogos. "O cara detona no que faz, e creio que ele só precisava de um empurrãozinho pra gente começar a ter reais resultados."

Jean Felipe tem sua própria história de amor com a série, que vai desde os tempos da infância.

"Eu e o Sonic temos a mesma idade, com alguns meses de diferença -- coincidentemente, desde que eu me lembre como pessoa, já tinha um Master System em casa, no qual meu pai alugava jogos comigo na locadora", explica. "O interessante é que, nessa idade, eu tinha o Alex Kidd na memória do meu jogo, mas tinha o Sonic clássico desenhado na capa do console."

"Você não sabe o problema que eu tinha com isso, vendo Sonic nas revistas, Sonic na caixa do jogo, mas não tendo o jogo em casa. Aquela jogada de cores, ver Sonic e Tails, duas 'bolinhas coloridas' em contraste com os cenários da fase, não sei se todas crianças tinham isso, mas eu ficava louco.", continua. "Eu só pude jogar realmente, muitos jogos de Sonic, quando a SEGA saiu do ramo dos consoles, então veja bem, isso não foi de um verdadeiro mal."

Além da dupla, "Sonic Evolution" conta com diversos colaboradores brasileiros e estrangeiros, que ficam sob a tutela do Chaos Force Studios, fundado por Ricardo.

"Não vou citar todos e o que fazem pra não estendermos muito, mas são todos excelentes", diz o produtor.

Reprodução/Chaos Force Studios
"Sonic Evolution" está sendo criado com o motor gráfico Unreal Engine 4

Em "Sonic Evolution", o jogador poderá explorar diversas fases tanto como Sonic quanto com o anti-herói Shadow por diversas fases diferentes, sendo que algumas até poderão se interligar com as outras de formas diferentes.

Logicamente, pelo envolvimento de mais pessoas, muitos conceitos iniciais de Ricardo acabaram mudando com o tempo, tanto na história quanto em termos de jogabilidade.

"Remodelamos a forma como Sonic desvenda as fases, onde ele tem uma liberdade maior de exploração, conseguindo até mesmo encontrar áreas secretas no jogo, de uma forma diferente como vemos nos jogos atuais do azulão", explicou Jean. "A história era completamente diferente, e estou colocando meus esforços para que saia algo totalmente fora da caixa, com um foco em temas mais sérios, mas sem perder o alívio cômico."

Apesar do projeto ter previsão inicial apenas para 2019, "Sonic Evolution" já foi mostrado ao público mais de uma vez, durantes eventos organizados por Jean Felipe pela Epic Play.

"No caso, expomos uma fase simples, sem muitos elementos 'sônicos' da franquia, como a que está nos trailers, apenas para demonstrar que 'É JOGÁVEL' e que temos um cenário 100% funcional", diz Jean.

"Recolhemos todas as informações [e sugestões] e estamos tentando aplicar a maioria delas."

Além disso, como mencionado anteriormente, a própria Sega - que tem uma visão bem mais amigável de jogos feitos por fãs do que a Nintendo, por exemplo - deu um retorno positivo ao projeto.

"A Sega é uma empresa muito versátil com isso - talvez a maior de todas entre as maiores [produtoras]-, e amo eles desde criança por isso."

Por ser um jogo sem fins lucrativos, "Sonic Evolution" deverá ser lançado gratuitamente para PC. 

"Lembrando que este jogo não é apoiado diretamente ou há vinculo empregatício relacionado ao mesmo com a Sega. Mas, se você é fã, lembre-se de que a empresa já divulgou pelo Facebook que gosta e quer que os fãs continuem criando conteúdo relacionado ao Sonic", explicou Jean.

Em breve, a equipe montará um sistema de doações para que o público possa ajudar a sustentar os desenvolvedores do projeto.

"Por enquanto, em tudo que podemos, eu e o Ricardo estamos bancando", disse Jean. "Mas, em breve, teremos que arcar com alguns gastos maiores, e sabemos que algumas pessoas estão dispostas a nos ajudar."

Para saber mais de "Sonic Evolution", acesse a página oficial do projeto na Epic Play.

LEIA MAIS

UOL Cursos Online

Todos os cursos