Xbox

Scorpio será mais bem-sucedido no Brasil do que PS4 Pro, diz analista

Divulgação/Microsoft
Imagem: Divulgação/Microsoft

Do UOL, em São Paulo

18/04/2017 04h00

O PlayStation 4 está na frente do Xbox One em termos de popularidade no Brasil, mas segundo a firma de pesquisas de mercado Newzoo, as versões mais poderosas dos consoles devem inverter esta ordem.

"Eu acho que o Scorpio pode ser mais bem-sucedido que o PlayStation 4 Pro [no Brasil]", revela o CEO da Newzoo, Peter Warman, ao UOL Jogos.

Previsto para chegar às lojas nos EUA no final de 2017, o próximo Xbox, batizado provisoriamente de Project Scorpio, tem uma proposta bem parecida à do PlayStation 4 Pro: trata-se de uma versão mais poderosa do console básico, capaz de rodar games com gráficos e performance melhorados.

Warman argumenta que, como a maior parte dos fãs de Xbox no Brasil ainda está jogando no 360, eles se sentirão mais motivados a fazer o 'upgrade' do que fãs do PlayStation, que abraçaram o PlayStation 4 em maior volume.

"O benefício de saltar do Xbox 360 para o Scorpio é muito maior do que fazer o salto do PS4 para o PS4 Pro", explica.

Ainda segundo o executivo, os altos impostos que encarecem games no Brasil "não devem ser um grande problema" para o público entusiasta, que estariam dispostos a pagar mais pelos sistemas de última linha.

Apesar de poder ser encontrado em importadoras, o PlayStation 4 Pro ainda não foi lançado oficialmente no Brasil. A Microsoft também não revelou planos para trazer o Scorpio para o mercado nacional, e sequer trouxe ao país seu predecessor, o Xbox One S, que já está disponível no resto do mundo desde 2016.

Divulgação/Microsoft
"Forza Motorsport 6" já roda na resolução 4K e a 60 quadros por segundo no Project Scorpio Imagem: Divulgação/Microsoft

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo