Xbox

Microsoft explica por que Xbox não tem jogos como "Horizon" ou "Zelda"

Divulgação/Sony Computer Entertainment
"Horizon: Zero Dawn" foi um enorme sucesso de vendas, mas não tem um modo multiplayer nem microtransações - e isso é um problema para Phil Spencer Imagem: Divulgação/Sony Computer Entertainment

Do UOL, em São Paulo

30/04/2017 12h50

Para o chefão do Xbox Phil Spencer, investir em jogos como "The Legend of Zelda: Breath of the Wild" ou "Horizon: Zero Dawn" é muito mais arriscado do que lançar 'games como serviços' - e é por isso que o Xbox One não tem uma resposta a estes títulos da concorrência.

"O público para esses grandes jogos movidos pela história... Eu não digo que não são tão grandes, mas eles não são tão consistentes," disse o executivo em entrevista ao jornal The Guardian. "Você tem jogos como 'Zelda' ou 'Horizon' que saem, vendem bem, mas não têm mais o mesmo impacto que tinham antigamente, porque os grandes jogos vendidos como serviços estão capturando uma parcela tão grande do público."

Lançados no final de março, "Horizon: Zero Dawn" e "Zelda: Breath of the Wild" são exclusivos das plataformas da Sony e da Nintendo, respectivamente, e foram considerados enormes sucessos de crítica e vendas.

"Os estúdios da Sony fazem muitos desses jogos, e eles são bons neles, mas fora disso, é difícil - eles estão tornando-se mais raros. É uma decisão de mercado difícil criar esses jogos, porque o vento está contra você."

"Precisamos entender que se gostamos desses jogos, precisamos antes de uma oportunidade de negócio certa para eles. Eu amo jogos assim", continuou Phil. "Quero garantir que tanto jogos para um jogadores com foco na história e jogos baseados em serviços tenham a oportunidade de serem bem-sucedidos".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo