Topo

"Dragon Ball FighterZ" sacrifica performance para imitar cenas do anime

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/06/2017 10h50

Na tentativa de recriar a experiência de quem está assistindo a um episódio de anime, "Dragon Ball FighterZ" sacrifica a busca pelos 60 quadros por segundo durante as cenas em que o jogador não está no controle.

De acordo com a Arc System Works, desenvolvedora do game, cutscenes e transições animadas durante as batalhas rodam a 24 FPS - a mesma taxa de quadros por segundo de um anime na TV.

No momento em que o jogador assume o controle de Goku e companhia, porém, o game passa a rodar a 60 FPS - afinal, fluidez é essencial em um game de luta desse estilo.

Um dos grandes destaques da E3 2017, "Dragon Ball FighterZ" tem lançamento previsto para 2018. O game deverá sair para PlayStation 4, Xbox One e PC.

5 razões que podem fazer de "Dragon Ball FighterZ" o melhor da série

UOL Jogos

Mais Jogos