Topo

Geek

Ele tentou fazer treino de "One Punch-Man" e acabou no hospital

Reprodução/Madhouse
No anime, Saitama consegue se tornar o humano mais forte realizando um exaustivo treino diário Imagem: Reprodução/Madhouse

Do UOL, em São Paulo

11/09/2017 13h00

Um dos grandes mistérios de "One Punch-Man" é revelado quando Saitama, protagonista do mangá/anime conta o que fez para virar o homem mais forte do mundo e ser capaz de derrotar seus inimigos com um soco.

ACOMPANHE UOL JOGOS NO YOUTUBE!

Segundo o personagem, ele manteve uma rotina de treinamento simples por três anos: correr 10 km e fazer 100 agachamentos, 100 flexões e 100 abdominais diariamente, sem qualquer folga.

Um rapaz chamado William, de 25 anos, tentou seguir a receita e ver o que aconteceria com o seu corpo. O resultado, porém, não foi muito animador: no seu canal de YouTube, ele conta que precisou ir ao médico devido a fortes dores no quadril no 162º dia da rotina de exercícios.

Reprodução
Após passar quase seis meses fazendo rotina de exercícios, William acabou sofrendo uma lesão séria e teve que parar Imagem: Reprodução

Ele seguiu a recomendação de repouso e, uma vez que se sentiu melhor, voltou à rotina de exercícios. Para sua infelicidade, junto com o trabalho duro as dores retornaram. Após uma nova visita a médicos, o diagnóstico não foi nada animador: ele precisaria parar esse tipo de atividade, caso contrário ele teria uma lesão irreversível.

Uma das possíveis razões para tal é que, apesar de simples, esse tipo de treinamento acaba colocando uma carga pesada sobre o corpo, especialmente de quem leva uma vida sedentária. Sem resistência, as lesões tendem a aparecer - especialmente quando não há dias livres para o corpo se recuperar do esforço prévio.

Sendo assim, o melhor é fazer exercícios físicos moderados - e ir aumentando a intensidade com o tempo - e ver as façanhas de Saitama na tela da TV. No Brasil, a primeira temporada do anime está disponível na Netflix. 

CONHEÇA "MOB PSYCHO 100", ANIME QUE REPETE HUMOR MALUCO DE "ONE PUNCH-MAN"