Topo

Jogos

Análises

Realidade alternativa? Em "Wolfenstein II" você enfrenta nazistas nos EUA

Reprodução
Imagem: Reprodução

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

31/10/2017 12h37

O jogo de tiro "A New Colossus" é a mais nova investida da MachineGames na série "Wolfenstein". A produtora preserva tudo o que deu certo em "The New Order", como a liberdade de ação, a violência em excesso e os personagens exagerados, mas trouxe um elemento novo e marcante: a coragem de enfrentar temas atuais, mesmo em uma obra de ficção das mais divertidas.

VEJA TAMBÉM:

"Wolfenstein II: A New Colossus" avança a trama da série até a década de 1960 e mostra o mundo tomado pelos nazistas após a Segunda Guerra Mundial. Os EUA são um país dominado, com grandes metrópoles reduzidas ao pó por bombardeios nucleares e uma população que aceitou o controle do invasor - inclusive, com seus membros mais conservadores prosperando ao aceitar o domínio e a cultura do inimigo.

Lutando contra isso, temos B.J. Blazkowicz, ou Billy para os íntimos, e seus companheiros rebeldes. O herói de "Wolfenstein" e algoz dos soldados nazistas já não é mais o mesmo e começa o jogo quebrado em uma cadeira de rodas. Mas após descolar uma poderosa armadura cibernética, você retorna aos bons dias de ação e destruição, com um arsenal de fazer inveja para qualquer brucutu de Hollywood.

Montagem/UOL
Dublado em português, "Wolfenstein II" está disponível para PC, PS4 e Xbox One. Imagem: Montagem/UOL
Billy é uma máquina de matar poderosa e o jogo transmite essa sensação de forma muito satisfatória, seja com os tiroteios empolgantes, as armas pesadas exóticas capazes de derreter paredes e desintegrar inimigos, ou com as brutais execuções com golpes de machado. Matar nazistas nunca foi tão bom quanto em "Wolfenstein II".

Liberdade de ação

Durante as missões de "Wolfenstein II", você decide se vai ser mais furtivo ou vai chegar atirando em todo mundo, uma arma em cada mão... Ou se vai tentar um meio-termo. A liberdade de ação é um dos pontos fortes do game.

As fases são cheias de segredos, passagens escondidas que levam para salas com itens melhores e colecionáveis que dão o clima da América dominada pelos nazistas. Os inimigos vão desde soldados comum, legítimas buchas de canhão, até guerreiros em poderosas armaduras de combate e robôs gigantes. Comandantes carregam trechos de código que podem ser decifrados pelo jogador e toda ação em combate parece representar algum tipo de progressão e melhoria.

Divulgação
O game capricha nas batalhas, que oferece boa diversidade de inimigos e um arsenal poderoso para detonar com eles. Imagem: Divulgação

Cada nível de dificuldade torna a experiência mais eletrizante, pois mesmo que você banque o Rambo, não vai avançar muito se não usar o cenário ao seu favor, posicionando Billy nos cantos para evitar disparos inimigos, explodir cilindros de gás ou extintores e, sim, coletar medicamentos e peças de armadura, como nos "Wolfenstein" de antigamente.

O tiroteio é preciso e divertido e os gráficos de "A New Colossus" impressionam, mesmo nas versões "normais" do PS4 ou Xbox One. A dublagem brasileira, infelizmente, deixa a desejar e em muitos casos as vozes estão desconectadas dos personagens em cena. É louvável que a Bethesda esteja finalmente dublando seus games por aqui, mas ainda há um longo caminho para alcançar a qualidade que os jogadores brasileiros estão acostumados em outros jogos.

Divulgação
"Wolfenstein II" sugere que o americano médio se adaptaria rapidamente ao domínio nazista - e com isso, discute questões de extremismo e racismo que existem nos EUA de hoje. Imagem: Divulgação

Tema contemporâneo

Os maiores méritos de "Wolfenstein II" estão na coragem de abordar temas contemporâneos, como racismo, nazismos, intolerância e cerceamento de liberdades civis... e se posicionar contra tudo isso. A América devastada e controlada pelo Reich pode ser um cenário de ficção, mas as questões levantadas pelo game são bem próximas dos problemas que os EUA (e outros países) enfrentam atualmente.

ACOMPANHE UOL JOGOS NO YOUTUBE!

Além disso, a MachineGames ousou fazer um excelente jogo de tiro voltado para a campanha solo, com uma história arrepiante e ótimas mecânicas... e sem nenhum componente multiplayer online ou sistema de micro-transação.

E, em 2017, fazer games que nadem contra a corrente das grandes produções é algo que requer tanta coragem quanto enfrentar soldados inimigos em um mundo dominado pelo nazismo.

Dublado em português, "Wolfenstein II: A New Colossus" está disponível para PC, PS4 e Xbox One. O game chegará posteriormente ao Switch.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor