Topo

Jogos

Análises

"Gundam Versus" faz pancadaria com robôs gigantes ser tão legal quanto soa

Divulgação/Bandai Namco Games
Imagem: Divulgação/Bandai Namco Games

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

10/11/2017 15h25

"Gundam" é provavelmente a maior franquia que o Japão hesita em compartilhar com o mundo. Longeva e prolífica, a marca tem o maior panteão de robôs gigantes já criado - e muitos deles são desconhecidos no Ocidente.

Mas a Bandai parece finalmente ter sido convencida de que o público que foi cativado por "Gundam Wing" e "Gundam SEED" também merece ser contemplado com lançamentos. Novas sagas estão começando a aparecer em serviços de streaming como o Crunchyroll, e "Gundam Versus" é a investida da empresa nos videogames.

Mais recente capítulo de uma franquia que existe desde os tempos do PlayStation 2 no Japão, "Gundam Versus" coloca times de enormes soldados mecânicos para digladiar em arenas tridimensionais. Na prática, os combates funcionam como uma versão boa de "J-Stars Victory Vs".

Cada jogador assume o controle de um único robô gigante de uma seleção de dezenas. As máquinas são associadas a heróis e vilões de todas as épocas de "Gundam", desde a série original de 1979 até o recente "Iron-Blooded Orphans", e são recriadas nos menores detalhes, com ataques especiais e até mesmo efeitos sonoros que fãs com certeza reconhecerão.

Divulgação/Bandai Namco Games
Mobile Suits clássicos se misturam com unidades pouco conhecidas no Ocidente na tela de seleção Imagem: Divulgação/Bandai Namco Games

Mas você não precisa ser fã para aproveitar o game. Ainda que as referências aos desenhos sejam grande parte da diversão, "Gundam Versus" tem uma mecânica extremamente precisa e satisfatória, e uma das seleções mais diversas de unidades jogáveis de todo o gênero luta.

São 94 Mobile Suits diferentes - cada um com projéteis, ataques de proximidade, especiais, técnicas de movimentação e limitações únicas. Combine tudo isso com as mais de 180 unidades de assistência selecionáveis, e o resultado é um número absurdo de possibilidades para experimentação.

E acredite quando eu digo: as diferenças entre cada unidade são muito mais profundas do que as que existem entre lutadores de "Street Fighter", por exemplo. Estratégias que seriam a ruína de um robô podem ser caminhos fáceis rumo à vitória no controle de outro. Há um Mobile Suit que só desfere dano crítico com 'facadas' nas costas do inimigo, mas é praticamente inútil à distância; mas também há aqueles que precisam fugir e golpear com raios laser por serem frágeis demais no corpo-a-corpo.

A ação tem um ritmo incomum, mas que se revela perfeito para a proposta. Após curtos combos, os Mobile Suits ficam inatingíveis por alguns segundos - o que permite ao jogador que sofreu os ataques se reposicione. O sistema causa estranheza no início, mas é necessário para abrigar todos os diferentes tipos de robôs, principalmente porque eles são capazes de voar livremente pelo cenário, e acertar o tempo e a distância de cada ataque é essencial. Com tempo e prática, até mesmo unidades aparentemente fracas podem usar da engenhosidade para alcançar a vitória.

Divulgação/Bandai Namco Games
"Gundam Versus" tem unidades selecionáveis para todos os tipos de jogadores Imagem: Divulgação/Bandai Namco Games

"Gundam Versus" tem modos de combate online 1x1 e 3x3, mas é no mais tradicional 2x2 que a ação realmente brilha. Atributos como força e velocidade são equilibrados para que jogadores trabalhem em duplas nos campos de batalha, distraindo inimigos para que o aliado os pegue desprevinidos, ou então utilizando projéteis para proteger um amigo em fuga.

Montagem/UOL
Game foi avaliado no PlayStation 4 Imagem: Montagem/UOL

É um game que só pode ser aproveitado ao máximo no multiplayer online. Felizmente, os servidores online parecem comportar bem jogadores de diferentes regiões sem grandes problemas. A maior parte das minhas partidas foram contra pessoas em outros continentes, e mesmo assim momentos de lentidão eram raros.

Há ainda um modo de missões para um jogador, mas ele não tem substância suficiente para ficar em primeiro plano. As mais fáceis servem como uma espécie de tutorial, enquanto as avançadas são desafios que apenas quem tem total controle sobre um Mobile Suit deve enfrentar.

Disponível exclusivamente para PlayStation 4, "Gundam Versus" vai muito, mas muito além de um jogo de anime qualquer. Ele faz um ótimo serviço para uma franquia que tenta adentrar o imaginário ocidental: divertindo até mesmo quem não conhece a marca, o game motiva essas pessoas a procurarem saber mais sobre o incrível universo dos Mobile Suits.