Topo

Diga adeus aos discos e caixas: a forma de consumir games mudou para melhor

Rodrigo Lara/Gamehall
Imagem: Rodrigo Lara/Gamehall

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

26/01/2018 04h00

Não que seja uma novidade, mas estamos vivenciando a migração dos jogos para uma distribuição digital. O download virou a melhor opção para quem curte videogames, seja para comprar ou alugar, já que as lojas online oferecem preços melhores do que o varejo tradicional --afinal, não precisam lidar com custos de logística e o jogo é vendido direto do distribuidor para o consumidor final.

VEJA TAMBÉM:

A diferença de preço é mais comum para jogos de computador. No PlayStation e no Xbox, o preço 'normal' no game para download é o mesmo do varejo, mas as promoções são frequentes e agressivas, com descontos que chegam a 75% do preço em algumas ocasiões.

Comprar games por download também inclui outras facilidades: você não precisa bater perna em busca do jogo desejado ou esperar para receber o game que encomendou numa loja online. Títulos mais antigos, que dificilmente são encontrados nas prateleiras das lojas, estão ao alcance de uma busca na lojinha do seu videogame.

Aluguel de jogos

Mas é com os serviços de distribuição que as coisas ficam realmente interessantes. Eles funcionam de forma similar ao aluguel: você paga uma mensalidade e pode baixar e jogar qualquer game do catálogo enquanto for assinante.

Divulgação
Por R$ 29 ao mês, você joga mais de 100 games no Xbox One, inclusive todos os lançamentos da Microsoft Imagem: Divulgação

O Xbox Game Pass, por exemplo, oferece uma coleção de mais de 100 jogos (com 5 novos a cada mês) pelos quais você paga R$ 29 ao mês. E isso inclui, a partir de agora, todos os lançamentos da Microsoft para o Xbox One.

Outra vantagem: os jogos digitais da Microsoft levam o selo "Play Anywhere". É praticamente "pague um e leve dois": na compra do game para Xbox One, você ganha uma cópia para jogar no PC.

A EA (de "FIFA" e "Battlefield") tem seus próprios serviços de distribuição por assinatura: EA Access (no Xbox One) e Origin Access (nos computadores). Você paga R$ 110 por ano e tem acesso a um catálogo com praticamente todos os games recentes da empresa.

Não tem aqui? Compra lá fora

Se o jogo que você deseja não está disponível no Brasil, mas pode ser encontrado na loja do Xbox de outro país, basta trocar a região do console e, com o mínimo de gambiarras, comprar e baixar o game. No PS4, você precisa criar um perfil de usuário do país desejado, o que é uma tarefa um pouco mais complicada.

No caso do Switch, comprar os games por download em outro pais é a melhor opção no Brasil, já que a Nintendo não distribui os jogos por essas bandas, nem em formato digital. Não é o ideal, mas é um negócio mais vantajoso do que encarar os preços exagerados cobrados por importadores.

Jogos por streaming

O próximo passo da distribuição digital é o streaming. Há serviços que permitem que você jogue sem fazer o download. Basta escolher o game desejado e sair jogando, num autêntico "Netflix de jogos". Porém, a oferta desse tipo de serviço ainda engatinha.

Divulgação
O PlayStation Now é a aposta da Sony para o futuro da distribuição digital - mas ainda é um sonho distante para os jogadores brasileiros. Imagem: Divulgação

Aqui no Brasil, você pode experimentar o GameFly, disponível para TVs Smart da Samsung. O serviço é oferecido em pacotes que custam entre R$ 20 e R$ 25 ao mês. A Sony conta com o PlayStation Now, mas que só está disponível nos EUA, e oferece jogos de PS3 e PS4 para jogar por streaming.

Vale lembrar, é preciso ter uma boa conexão com a internet para aproveitar a brincadeira: a conexão mínima é de 4 MBps e para rodar os games em resolução HD (720 p), só com velocidades de 8 MBps para cima. Se você for jogar por streaming, pode esquecer os gráficos em Full HD ou 4 K, ao menos por enquanto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Jogos