Topo

Cocriador de "Counter-Strike" é preso por exploração sexual de menor

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

02/02/2018 09h09

Jess Cliffe, cocriador do popular shooter "Counter-Strike", foi preso pela polícia de Seattle (EUA) na madrugada da última quinta (1º) por exploração sexual de um menor.

De acordo com o canal de televisão KIRO-7, nenhuma acusação formal foi feita, mas, segundo promotores de justiça do Condado de King, casos deste tipo tipicamente envolvem a criação de pornografia infantil.

Veja também:

Atualmente um desenvolvedor para a Valve Software, Cliffe ficou conhecido no fim dos anos 1990 após ele e seu colega Minh Le, na época estudantes da universidade Virginia Tech, desenvolverem "Counter-Strike" como um mod do primeiro "Half-Life". Além disso, ele também fez a voz do narrador do jogo, responsável por frases famosas como "The bomb has been planted" e "Terrorists Win".

A Valve lançou o shooter como um jogo próprio em 2000, e rapidamente virou um dos jogos multiplayer mais populares em todo o mundo. Desde então, Cliffe esteve envolvido com o desenvolvimento da série, incluindo seu último game, "Counter-Strike: Global Offensive".

Reprodução/KIRO-7
Jess Cliffe, cocriador do popular shooter "Counter-Strike" preso nesta quinta (1º.) Imagem: Reprodução/KIRO-7

Após a prisão, a Valve suspendeu Cliffe como funcionário da empresa até novas informações serem divulgadas.

"Ainda estamos descobrindo os detalhes do que realmente aconteceu", disse um representante ao site Ars Technica. "Informações indicam que ele foi preso por um delito grave. Por isso, suspendemos seu cargo até sabermos mais a respeito."

Segundo a KIRO-7, Cliffe não tem um histórico criminal.

Mais Jogos