Topo

Geek

Carnaval 2018 teve "Clash Royale", "Resident Evil" e até "Pokémon"

Simon Plestenjak/UOL
Imagem: Simon Plestenjak/UOL

Do UOL, em São Paulo

12/02/2018 13h09

O primeiro dia de desfiles do Grupo Especial no Rio de Janeiro teve uma homenagem inusitada aos videogames: a escola Unidos da Vila Isabel desfilou o enredo "Corra que o Futuro vem aí!" e, entre outras evoluções tecnológicas, teve uma ala dedicada aos celulares, onde um enorme cavaleiro de "Clash Royale" era circulado por telefones com outros personagens do game nas telinhas.

Reprodução/Globo
Cavaleiro PEKKA de "Clash Royale" foi destaque no desfile da Unidos da Vila Isabel Imagem: Reprodução/Globo

Essa não foi a única ocasião em que os games invadiram a festa brasileira. Nos desfiles de São Paulo, a escola Independente Tricolor levou membros da bateria vestidos como o Exército Umbrella, os soldados malignos da série "Resident Evil".

Teve até a rainha da bateria, Sheila Mello, com uma fantasia inspirada nas criaturas da popular série de jogos.

Ricardo Matsukawa/UOL
A bateria da Independente Tricolor desfilou uniformizada como soldados da Umbrella, de "Resident Evil" Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL

E lá no Carnaval de Recife, a cantora Pabllo Vittar fez um show vestida como a vilã Jessie, da equipe Rocket, de "Pokémon". Outros "figurinos" da cantora incluem fantasias das lutadoras Chun-Li (de "Street Fighter") e Kitana ("Mortal Kombat").

Reprodução
Pabllo Vittar se apresentou em Recife num traje de Jessie, da equipe Rocket de "Pokémon" Imagem: Reprodução