Topo

Ações da Activision Blizzard caem após anúncio de "Diablo Immortal"

Reprodução
Diablo Immortal Imagem: Reprodução

Do GameHall

06/11/2018 13h05

A revelação de "Diablo Immortal" para dispositivos mobile desencadeou uma onda de críticas por parte dos fãs, afetando as ações da Activision Blizzard com uma queda de 6,74% nesta última segunda-feira e atingindo o valor mais baixo desde janeiro deste ano, segundo informação divulgada pelo GameIndustry.

Com uma queda significativa de quase 7%, as ações fecharam com um valor de US$ 64,34, o que representa uma queda em relação ao fechamento anterior, em US$ 68,99.

VEJA TAMBÉM

A reportagem aponta ainda que os dispositivos móveis dominam o mercado em termos de receita, e que a revelação do jogo deveria ter provocado uma resposta muito diferente no mercado de ações. Segundo uma pesquisa do Bloomberg, "Diablo Immortal" poderia gerar uma receita anual de até US$ 300 milhões e ampliar o alcance da franquia.

Em uma nota para investidores, a firma de pesquisa Cowen & Company disse que a Blizzard "calculou mal" a resposta dos fãs, sugerindo que a empresa não está "em contato com seus jogadores", opinião também compartilhada recentemente por Mark Kern, ex-funcionário da Blizzard e que trabalhou como produtor em "Diablo 2".

Fãs criarem uma petição no site Change.org exigindo que o game seja cancelado, conseguindo até o momento quase 34 mil assinaturas. Já o trailer oficial do jogo, que já foi visto mais de 3,3 milhões de vezes no YouTube, possui mais de 452 mil dislikes, contra apenas 17 mil votos positivos.

"Diablo Immortal" não tem data de lançamento anunciada, mas é esperado que chegue em 2020.

Mais Jogos