Topo

Jogos

FIFA


Vale a pena jogar com Vinicius Junior em "FIFA 19"?

Reprodução
Visual de Vinicius Junior, no "FIFA 19" Imagem: Reprodução

Tiago Alcantara

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/11/2018 04h00

O garoto Vinicius Junior começa a ser decisivo para o Real Madrid e fazer barulho na imprensa espanhola com seus gols e atuações. Aos 18 anos, o ex-flamenguista pode nem imaginar, mas também é comentado entre os jogadores do simulador "FIFA 19". A carta do brasileiro chegou no banco de dados do jogo de futebol no mês passado - pouco depois do lançamento da edição atual do título da EA Sports.

De cara, o talento brasileiro superou as expectativas dos fãs espalhados por fóruns especializados de todo o mundo: Vinicius Junior tem nota de 77 no modo FIFA Ultimate Team (ou FUT, para os mais íntimos). Ou seja, o game lista a promessa entre os jogadores com status de ouro raro. O atacante também surpreende com cinco estrelas no quesito fintas, demonstrando que os desenvolvedores de "FIA 19" já sabem o potencial de habilidade que o atacante do time merengue possui.

Fique por dentro dos principais pros e contras da estreia do jovem no game. 

Reprodução
Ficha de Vinicius Junior no banco de dados do modo FUT de Fifa 19 Imagem: Reprodução

Velocidade e dribles desconcertantes

O card de Vinicius Junior é listado como atacante de lado de campo, atuando pela esquerda. Seus principais atributos são a aceleração (92), velocidade do pique (94), agilidade (90) e dribles (81). As cinco estrelas no quesito fintas e quatro estrelas nos chutes com a "perna ruim", o que significa que o jogador sai na frente no jogo, por sua combinação de elementos ofensivos. Ou, em outras palavras, esse conjunto de notas pode ser resumido na expressão "o moleque é liso".

VEJA TAMBÉM

Seus chutes não comprometem, pois apesar de ter força, sua precisão ainda não é das melhores. Mesmo assim, com tanta velocidade e dribles, o card do atleta do Real Madrid é uma ótima opção para fazer jogadas plásticas e abrir espaço nas defesas com dribles desconcertantes. Não é preciso mais do que alguns momentos jogando com o brasileiro para perceber que sua força é o drible. Parece que a bola fica colada nos pés do personagem. 

Falta força física e lançamentos são desastres

Por outro lado, assim como nos gramados reais, o atleta precisa melhorar sua força física. É bem complicado vencer uma dividida com Vinicius Junior e isso prejudica muito seu desempenho no ataque. Afinal de contas, você nem sempre vai pegar um adversário que dê espaço para que a velocidade e os dribles do atacante se destaquem. Pode ser complicado levar na força as disputas com aquele rival mais retranqueiro.

Outra deficiência da revelação do Flamengo é sua habilidade de passe. Ele simplesmente não consegue acertar lançamentos e a melhor dica é mantê-lo apenas fazendo o simples: passes curtos e sem muito grau de dificuldade. Apesar de ter 1,77m, o cabeceio do jogador também é bastante deficiente.

Nasce uma estrela?

Depois de testar o jogador no modo Ultimate Team, é possível dizer que Vinicius Junior mostra boas características, mas está longe de ser um jogador pronto para ser titular caso você precise da vitória a qualquer custo. No entanto, levando em conta que o baixo custo, vale a pena escalar Vinicius para seu elenco se a sua ideia é demonstrar habilidade e até investir na correria para cima dos adversários. Para quem está começando um time no modo Liga ou Carreira, ele é uma boa. Agora, se você quer jogar em cenários competitivos, por enquanto, o jovem brasuca é mais uma promessa do que realidade no "FIFA 19".

Vale lembrar também que é possível utilizar vários tipos de química de elenco para fortalecer atributos específicos de seus craques. Some a isso o fato de que a temporada nos gramados europeus está apenas começando e que o atacante deve ter mais oportunidades de mostrar seu talento nos gramados reais e corrigir alguns defeitos, como posicionamento, passes e cabeceio. Nossa aposta é que Vinicius Junior terá notas melhores em pouco tempo no modo FIFA Ultimate Team. E, quem sabe, até o fim da temporada, se torne uma uma opção mais completa para os fifeiros.

Siga o UOL Jogos no