Topo

Jogos

Xbox

Como controlar o que seu filho joga - e quanto tempo ele passa no videogame

Reprodução
Imagem: Reprodução

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

18/01/2018 12h00

Quem tem videogame e filhos pequenos em casa sabe que é difícil manter os novinhos afastados do console. Também é comum a preocupação de que a criançada coloque as mãozinhas num "Mortal Kombat" ou "GTA" --ou use o videogame para assistir filmes inapropriados na internet.

Se esse é o seu caso, saiba que você pode limitar o tempo que seu filho passa no videogame, usando as ferramentas de controle parental dos próprios consoles. Com elas, você define os horários em que eles podem jogar e até que games ou mesmo filmes podem ter acesso.

VEJA TAMBÉM:

Outra função importante do controle parental é impedir que as crianças façam compras no seu cartão de crédito e evitar aquele susto no final do mês!

A primeira medida é criar perfis próprios para os pequenos. São as chamadas "Subcontas" nos consoles PlayStation e Xbox. Elas são associadas ao seu perfil, que é o principal do videogame e onde as compras são feitas.

Saiba como usar o controle parental no PlayStation 4:

1. Vá para a aba Configurações e de lá, clique em Controle Parental.

Reprodução
Imagem: Reprodução

2. Crie uma subconta. O processo é bastante parecido com o de criar um perfil no PS4 e é bacana para os pequenos, que terão seu nome e imagem no perfil, além de sua própria galeria de troféus.

Insira o idioma e a data de nascimento do seu filho. Coloque um endereço de e-mail (o ideal é inserir o seu e-mail mesmo e não criar um para a criança). Por fim, determine a localização, que deve ser a mesma do seu perfil de usuário.

Reprodução
Imagem: Reprodução

3. Determine que conteúdo pode ser acessado e qual será bloqueado. Nessa tela, você poderá escolher que tipo de conteúdo seu filho terá acesso ou não. As opções incluem bate-papo e mensagens, mídias criada por outros usuários, conteúdos restritos e quanto dinheiro eles podem gastar na PS Store e nos jogos.

4. Defina as restrições: volte para o menu do Controle Parental e selecione a opção Restringir Uso de Funções do PS4.

Aqui você vai definir exatamente que tipo de conteúdo está liberado para as criança.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Para usar ou alterar as funções, é preciso digitar uma senha. A senha padrão é "0000" e é recomendado mudar esse código na última opção do menu de Controle Parental.

Você pode escolher entre níveis de controle para os games: quanto mais baixo o nível, mais limitado é o acesso ao conteúdo. A escala é a seguinte:

. Nível 2: só jogos classificados como EC (primeira infância)
. Nível 3: jogos com classificação livre para todas as idades
. Nível 4: jogos para maiores de 10 anos
. Nível 5: Jogos para maiores de 13
. Nível 9: Jogos com classificação M (maduro)

A definição padrão do sistema é nível 9.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Há uma classificação similar para discos Blu-Ray, mas baseada na faixa etária. É bom notar que nem todos os filmes tem classificação indicativa, então guarde bem seus filmes de terror mais sangrentos e outros discos que você não quer que caiam nas mãos dos pequenos.

Os DVDs, por sua vez, usam o mesmo sistema de níveis dos jogos de PS4, com uma escala de 1 a 11. Via de regra: 2 é para as crianças bem pequenas, 9 permite praticamente tudo.

Você também pode desativar o acesso ao navegador de Internet do console.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Por fim, determine se outros perfis da PSN podem ser logados na conta do seu filho. É o tipo de coisa que pode acontecer, quando, por exemplo, os amiguinhos vem dormir na sua casa). Você pode criar uma subconta para cada filho, evitando brigas quando um "acidentalmente" gravar em cima do progresso do outro.

Vale notar que não é possível transferir subcontas para outros consoles. Assim, se seu filho já está terminando o colégio e vai fazer faculdade fora, é melhor deixar que ele tenha sua própria conta principal, que pode ser transferida para outro PS4 no futuro.

Saiba como usar o controle parental no Xbox One:

O Xbox One permite configurar de forma muito detalhada o que seus filhos podem ou não fazer no console e por isso, o processo parece um tanto mais complexo do que no PS4. Siga atentamente os passos abaixo:

1. Crie um perfil de usuário para seu filho.

Reprodução
Imagem: Reprodução

2. Inclua o novo usuário na família: criado o perfil, vá para a tela inicial e selecione a sua conta. Clique na opção "Meus Games e Apps" e então em "Configurações".

Selecione as opções Família e Adicionar membro. Escolha o perfil da criança. Aceite os termos de privacidade da Microsoft.

Reprodução
Imagem: Reprodução

3. Defina o controle parental. Nessa tela, há dois tipos de restrições de conteúdo: aceso a conteúdo (jogos e apps) e filtragem da web.

Vá para acesso a conteúdo e apps e escolha entre os padrões para crianças, adolescentes, adultos ou personalizados. Cada categoria permite o acesso até uma determinada faixa etária, de acordo com a Classificação Indicativa brasileira.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Selecione a opção de controle personalizado para ter uma gama maior de opções. Você pode controlar quando seus filhos podem comprar conteúdo, usar o Skype, entrar em redes sociais ou compartilhar suas informações com amigos ou outros jogadores online.

Nos filtros da web, você escolhe entre 6 sistemas de filtragem, que vão desde "Planejado para Crianças" até "Adultos". Cada sistema permite maior ou menor acesso à  diferentes conteúdos online. Outras opções permitem controlar o acesso aos Clubes e demais funções sociais da rede Xbox Live.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Uma coisa legal é que, conforme seus filhos crescem, você pode ir alterando as configurações de controle parental e, diferente do PlayStation, as contas das crianças no Xbox One podem ser desvinculadas e permanecer com seu filho quando ele tiver idade para sair de casa - levando suas conquistas e games com ele.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor