Xbox

Pela primeira vez desde 2005, Brasil não tem nenhum dos videogames atuais

Montagem com imagens de divulgação
Os consoles mais modernos do momento: no Brasil, só importando Imagem: Montagem com imagens de divulgação

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

23/08/2017 14h25Atualizada em 23/08/2017 16h14

Pela primeira vez desde 2005, nenhum dos videogames mais modernos é fabricado ou vendido oficialmente no Brasil.

Já disponíveis em várias outras regiões, PlayStation 4 Pro, Xbox One S e Nintendo Switch só podem ser comprados em território nacional através de importadoras. Apenas os modelos anteriores de Sony, Microsoft e Nintendo são vendidos oficialmente por aqui.

A situação ecoa os tempos em que PlayStation 2, Xbox e GameCube não existiam no varejo comum brasileiro. O PS2 só veio oficialmente ao Brasil em 2009, e o Xbox original nunca chegou a ter uma versão nacional. O GameCube, por sua vez, parou de ser comercializado em 2003 com o término da parceria entre a Nintendo e sua antiga distribuidora, a Gradiente.

Em várias ocasiões ao longo dos anos, as empresas responsáveis pelos videogames apontaram para os altos impostos e longos processos burocráticos como os principais obstáculos que dificultam a chegada dos produtos no Brasil. Foram estes os fatores que fizeram a Nintendo anunciar sua saída do país em janeiro de 2015 e que atrasaram a chegada do Xbox One S em mais de um ano em relação ao lançamento americano.

ACOMPANHE UOL JOGOS NO YOUTUBE!

Uma proposta que visa reduzir os impostos sobre consoles e games no Brasil tramita atualmente no Senado, mas pode demorar anos para render frutos.

A dificuldade que fãs têm para conseguir comprar os consoles no Brasil vai contra algumas tendências positivas que marcam o mercado nacional de games. Cada vez mais games de qualidade são produzidos por aqui, e grandes produtoras como Warner, Ubisoft, Sony e Microsoft já têm há anos o costume de traduzir seus jogos inteiramente para o português.

A Sony prometeu lançar o PlayStation 4 Pro no Brasil em dezembro de 2017. Procurada por UOL Jogos, a empresa afirmou que "não tem novidades para compartilhar por enquanto." Os óculos de realidade virtual PlayStation VR estão na mesma situação, prometidos para o final do ano mas sem uma data de lançamento nacional precisa.

Já a assessoria da Microsoft, que na E3 tinha falado em lançar o Xbox One S no Brasil "até dezembro", disse que "não tem uma data específica" para a chegada do console por aqui, mas que a estreia continua prevista para 2017. A empresa também ainda não tem planos concretos para uma versão brasileira do Xbox One X, seu novo sistema, que chegará aos EUA em novembro.

Em janeiro, a Nintendo afirmou que "ainda [era] cedo" para falar sobre um possível lançamento do Switch no Brasil, e que estuda maneiras de retornar ao país, sem detalhar possíveis planos.

Os principais exclusivos do Nintendo Switch

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo