Topo

Morando no exterior, youtubers brasileiros conquistam legião de fãs no país

Pablo Raphael

Do UOL, em São paulo

30/01/2015 16h47

Morar em outro país é um sonho que muitas vezes passa pela cabeça de milhares de brasileiros, ainda mais no caso dos fãs dos games: acesso fácil aos últimos lançamentos, consoles e jogos com preços mais em conta, a possibilidade de visitar grandes feiras... vantagens não faltam quando se imagina a vida lá fora.

Esse talvez seja um dos atrativos do youtuber Eduardo Benvenuti, o BRKSEdu. Quando saiu do Brasil em 2012, seu canal no YouTube tinha cerca de 80 mil seguidores. Hoje, Edu mora no Canadá e conta com mais de 2,4 milhões de assinantes que acompanham seus vídeos - onde mostra os últimos lançamentos do mundo dos games e também curiosidades sobre o país.

"Com certeza é vantajoso para mim, como youtuber, morar no Canadá. Não apenas tenho acesso antecipado a diversos lançamentos (o que no Brasil é mais difícil) como também consigo cobrir eventos na América do Norte com mais facilidade", contou Eduardo ao UOL Jogos.

Eduardo jura que o sucesso não foi planejado. "Mudei para o Canadá para estudar. Fiz Marketing em um "college", que é equivalente a um curso técnico no Brasil. Na época o canal ainda estava num estágio bem inicial" lembra o youtuber, que é um dos mais conhecidos no Brasil.

Mas viver em um país tão diferente pode ter seus problemas para quem vive da imagem e da comunicação com o público que, em sua grande maioria, está no Brasil. "Preciso me manter atualizado com o que rola por aí, principalmente em termos de linguagem, tanto com o vocabulário quanto as gírias que eu perco por morar fora. Por isso eu tento ao máximo me manter em contato com os colegas no Brasil".

  • Reprodução

    Morar perto dos EUA facilita até ações promocionais, como um vídeo de BRKSEdu fez recentemente para promover o jogo "The Crew", guiando uma McLaren em Las Vegas

Recém-chegados

Se no caso de BRKSEdu o sucesso do canal está ligado a mudança do youtuber para o Canadá, o casal Leon Martins e Nilce Moretto, do canal Coisa de Nerd, parecem ter feito o caminho contrário. "O sucesso do canal chamou a atenção de uma empresa canadense voltada para conteúdo online e que estava em expansão no mercado brasileiro", contou Leon ao UOL Jogos.

  • Divulgação

    Com 2,6 milhões de seguidores, o Coisa de Nerd é um canal bem conhecido pelos vídeos de "Minecraft", mas que também apresenta vídeos divertidos de diversos jogos, como "Smite", "HearthStone" e "GTA V".

"Essa empresa me convidou para trabalhar com eles e eu aceitei", diz o youtuber, que chegou ao país em novembro. "Como a empresa teve que lidar com a burocracia, obtivemos nosso visto de trabalho em poucos meses, sem grandes complicações".

Para Leon, a maior vantagem de morar no exterior nem é o acesso aos games, mas ao equipamento para produzir os vídeos do canal. "Se precisarmos de qualquer recurso, encontramos fácil em qualquer loja da cidade e com um custo muito mais favorável do que no Brasil". O youtuber reconhece que existe também uma vantagem geográfica, pois morar perto dos EUA permite que o canal participe de eventos importantes sem gastar tanto.

Leon e Nilce ainda estão se adaptando ao novo endereço. "A maior dificuldade tem sido com relação à diferença de 6 horas do fuso horário. Nosso dia começa quando já é tarde no Brasil e ainda precisamos nos adaptar para manter a regularidade de postagens no canal".

"Temos nos esforçado muito pra isso e para manter o contato direto com o nosso público, mas acredito que ainda estamos em fase de adaptação e vamos conseguir, espero, disciplinarmo-nos com relação a isso em pouco tempo".

  • Divulgação

    No Canadá desde novembro, Leon e Nilce não escondem a saudade de casa: "Sentimos falta da família, dos amigos e da culinária".

Mais Jogos