Topo

Pokemon

Onde, quando e como "Pokémon" foi inventado?

Divulgação/The Pokémon Company
Imagem: Divulgação/The Pokémon Company

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

26/11/2017 04h00

A trajetória dos monstrinhos começou muito antes do Game Boy

O criador de "Pokémon", Satoshi Tajiri, gosta de contar a história de como ele colecionava insetos e girinos quando criança. A mente criativa por trás dos monstrinhos que conquistaram o mundo diz que foi nos subúrbios de Tóquio, na década de 1970, que nasceu o primeiro conceito por trás da franquia.

Tajiri era apaixonado pela ideia de criaturas colecionáveis que podiam ser utilizadas em batalhas, principalmente por causa de "Ultra Seven". Na série, o herói titular guardava monstros gigantes em pequenas esferas, e os libertava quando um outro monstro ameaçava a civilização.

VEJA TAMBÉM:

Pouco tempo após fundar seu estúdio de desenvolvimento de jogos, a Game Freak, Tajiri viu dois Game Boys conectados por um cabo Game Link, e imaginou insetos utilizando o acessório como ponte de um sistema para outro.

E foi assim que, em 1990, Tajiri e a Game Freak iniciaram o desenvolvimento do projeto "Capsule Monsters".

A ideia era simples: jogadores iriam colecionar monstros, e carregá-los consigo aonde fossem dentro do Game Boy. Através do cabo Game Link, seria possível trocar criaturinhas e batalhar com outras pessoas.

Reprodução/Nintendo
Um cabo especial possibilitava a troca de monstrinhos entre jogadores dos primeiros games "Pokémon" Imagem: Reprodução/Nintendo

Em retrospecto, o conceito inicial do game parece genial - um resumo perfeito de todos os fatores que transformaram "Pokémon" em um sucesso global. Mas os planos de Tajiri foram rejeitados pela Nintendo mais de uma vez. Apenas com a intervenção de um amigo pessoal, o designer Shigeru Miyamoto, Tajiri conseguiu a verba para oficializar o desenvolvimento.

O processo criativo foi árduo e demorado. Foram seis anos de desenvolvimento entre a aprovação do projeto e o lançamento japonês de "Pokémon Red & Green", em 27 de fevereiro de 1996. Neste período, cinco funcionários da Game Freak precisaram ser demitidos por causa de dificuldades finaceiras, e o próprio Tajiri admite ter trabalhado por muitas horas extras não remuneradas.

Mas o esforço foi recompensado: até março de 2017, a franquia "Pokémon" já tinha gerado um total de mais de US$ 55 bilhões em vendas. Só em termos de jogos de videogame, já foram mais de 290 milhões de cópias vendidas.