Topo

Jogos

Dragon Ball

Esse combo de "Dragon Ball FighterZ" é, literalmente, mais de 8 mil!

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

30/01/2018 13h18

O jogo de luta "Dragon Ball FighterZ" foi lançado recentemente e agora, jogadores avançados estão começando a explorar para valer as possibilidades de combos - sequencias de golpes que, se executadas no ritmo correto, tem resultados muito mais fortes e indefensáveis do que ataques normais.

Um deles, o sueco Willian Peter Hjelte, mais conhecido como "Leffen", levou a brincadeira para outro nível ao desenvolver um combo que é, literalmente, "mais de 8 mil" - uma referência a um dos momentos mais lembrados de "Dragon Ball Z", quando o saiyajin Nappa verifica o poder de luta de Goku. Na época, ainda usava-se números para estipular isso. Nappa diz a um atônito Vegeta que a força do personagem era de "mais de 8 mil".

VEJA TAMBÉM:

A sequencia de golpes com o time Android 18, Beerus e Vegeta dá 10 mil pontos de dano, zerando completamente a barra de energia do oponente. Confira:

Leffen usa a Android 18 para aplicar o combo, incorporando assistências para manter o oponente no ar e, com isso, aumentando a duração e o número de acertos, antes de jogar o adversário para o canto da tela, onde o combo é estendido novamente.

Para finalziar, ele ativa os "super movimentos": primeiro, com a Android 18, depois com Beerus e finalmente, Vegeta. Com 95 acertos, o combo executado por Leffen é o bastante para derrubar a Android 21.

vale notar, a sequencia foi realizada no modo de treino de "Dragon Ball FighterZ" e não contra um oponente humano. O combo usa seis barras do medidor de "super", entre outras mecânicas do jogo. Ou seja, é bem difícil de se aplicar em uma luta real no game.

"Dragon Ball FighterZ" está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor