Topo

Os melhores e piores jogos de Game of Thrones

Reprodução
Imagem: Reprodução

Daniel Esdras

Do GameHall

2019-05-12T04:00:00

12/05/2019 04h00

Batalhas épicas, personagens marcantes, histórias emocionantes -- e dragões! Não seria perfeito levar tudo isso para os games? Na realidade, porém, Game of Thrones ainda não teve uma representação à altura em formato de jogo.

Desde que explodiu como série de TV em 2011, o mundo maquiavélico de Westeros ganhou diferentes versões nos games, com resultados que ficam entre o "apenas bom" e "acho que isso aí não vai dar muito certo". Vamos passar a limpo o que temos no mercado hoje?

Game of Thrones: Conquest (2017)

Divulgação
Imagem: Divulgação

Plataformas: iOS e Android
Desenvolvimento: Turbine

"Conquest" tem a jogabilidade padrão de jogos de gerenciamento para celulares. Construa algo aqui, espere um tempo ali e você vai acumulando pontos para liberar novas opções de avanço para o seu reino.

Com o tempo, os recursos vão ficando cada vez mais escassos e a repetição do loop fica cansativa, deixando o jogo cada vez mais entediante. Alguns momentos são legais, como conquistar pontos conhecidos da série ou encontrar personagens mais famosos, mas tudo vai por água abaixo com as microtransações, que chegam a ser abusivas.

Se a curiosidade ainda for maior, vá em frente, mas saiba que só os mais fortes sobreviverão.

A Game of Thrones: Genesis (2011)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Plataformas: PC
Desenvolvimento: Cyanide

O nome está correto, começa com um "A" mesmo. "A Game of Thrones: Genesis" foi baseado nos livros e não na série. A tentativa foi criar um título de estratégia nos moldes de "Age of Empires", mas ficou só na tentativa mesmo, já que a jogabilidade estava muito aquém do esperado.

Outro problema do jogo é a campanha pouco inspirada e bagunçada, com gráficos que deixaram a desejar e várias mecânicas que tornam a progressão bem lenta. O resultado foi a decepção da comunidade no Steam, e um título para deixar de lado na herança da série.

Game of Thrones (2012)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Plataformas: PC, PS3, X360
Desenvolvimento: Turbine

Com um dos projetos mais ambiciosos até então para um jogo no universo de Martin, "Game of Thrones" chegou para diversas plataformas da geração passada. Como se trata de um RPG AAA, o único disponível oficialmente até o momento para a franquia, a expectativa foi enorme, mas de novo não acertou o alvo.

A história contou com diálogos pobres e pouco inspirados, os gráficos e principalmente as animações não chamaram atenção. O sistema de batalha era medíocre, e o que se salvava mesmo era a ambientação, que capturou bem o clima dos livros e da série.

Foi um enorme potencial desperdiçado, mas se você encontrar o jogo em promoção por aí, pode ser uma boa fonte de diversão enquanto o próximo episódio não começa.

Game of Thrones: Winter is Coming (2019)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Plataformas: Web
Desenvolvimento: Yoozoo Games

Lançado recentemente como o jogo oficial para navegadores no universo da série, "Winter is Coming" pode ser jogado facilmente por qualquer um que tenha uma conexão com a internet e um navegador.

Ele lembra bastante o "Conquest", mas com uma complexidade maior no gerenciamento e um visual bem mais trabalhado. Tente ignorar a escolha de fontes (horríveis!) que deixam a interface com cara de jogo feito por fãs.

O início é bem lento, com Melisandre guiando o jogador pelas mecânicas básicas do jogo e ensinadno como melhorar e defender o seu reino. Depois, é mais do clássico gerenciamento mobile com muito incentivo para o jogador gastar dinheiro para acelerar o seu progresso.

Game of Thrones: A Telltale Games Series (2014-2015)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Plataformas: PC, Mac, X360, XONE, PS3, PS4, iOS, Android
Desenvolvimento: Telltale Games

A Telltale desenvolveu jogos interessantes ao logo da sua história, com alguns dos melhores títulos no gênero adventure: "Sam & Max", "The Walking Dead", "Wolf Among Us", entre outros. O que se esperava da união de uma empresa tão competente na narrativa com um universo tão carente de bons jogos era finalmente um título à altura da série. Também não foi dessa vez.

O jogador controla um personagem da casa Forrester, um nome diferente das já conhecidas, mas acabou sendo tão parecida com a casa Stark que levantou suspeitas. Ao longo da trama dos seis episódios da primeira temporada, diversos momentos lembram as melhores sacadas dos livros, com vinganças e mortes inesperadas, mas é só isso: bons momentos em um mar de marasmo.

Uma segunda temporada estava até planejada, mas acabou cancelada. Se você é fã da franquia e curte os jogos da Telltale, é uma das melhores opções para se entreter até o final da série de TV.

Reigns: Game of Thrones (2018)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Plataformas: PC, Android, iOS, Mac, Switch
Desenvolvimento: Nerial

Enquanto você ainda está imaginando quem vai terminar a série no Trono de Ferro, a desenvolvedora Nerial já foi além. "Reigns: Game of Thrones" se passa após a resolução do principal conflito da série, e deixa ao jogador a tarefa de decidir os rumos seguintes para os sete reinos.

O sistema é parecido com o Tinder, em que você arrasta a tela para os lados, escolhendo entre duas opções para uma proposta. Cada escolha causa uma consequência boa ou mais provavelmente catastrófica, o que deixa tudo ainda mais divertido.

Lançado para celulares e para PC, esse despretensioso jogo indie é provavelmente a melhor opção até agora para te divertir durante a semana. Principalmente por ter recebido um update recente com centenas de cartas novas para deixar a narrativa ainda mais interessante.

Crusader Kings II com mod de Game of Thrones (2012)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Plataformas: PC, Mac, Linux
Desenvolvimento: Paradox Development Studio (+ comunidade)

Como você viu, não há ainda um jogo de grande produção à altura do nome de Game of Thrones. Como os jogadores não aceitam isso, foram lá e fizeram com as próprias mãos a melhor experiência nesse universo fantástico em forma de Mod para um jogo chamado "Crusader Kings II".

O Mod converte totalmente a campanha para o mundo de Westeros, com a Grande Muralha, Walder Frei, Ned Stark, a Patrulha da Noite e tudo que você viu nos livros e série até o momento. Vários cenários estão prontos para serem utilizados, começando a campanha em um ponto específico da narrativa.

A jogabilidade é a mesma de Crusader Kings, mas com a muito bem-vinda adição dos personagens, mapas e batalhas de Game of Thrones. Se você é um amante de jogos de estratégia e quer algo feito com muito carinho de fã para fã, essa é a sua melhor opção.

Mais Jogos